Seguidores

Arquivo

RECARREGANDO AS BATERIAS

Tá com saudades de mim? Tô na Bahia, recarregando o CMYK. Foto by marido.

Comentar

LEGO

Tags: +

Não, não é lego. Mas lego é o nome que mais associo ao encaixe perfeito. Apresentada pela Klong na feira de móveis de Estocolmo. Mas poderia ser daquele marceneiro incrível que você conhece. (Já vi estantes em antiquários com prateleiras internas assim.)

Comentar

MESA COBOGÓ - CAMPANA

Tags:

Ó'lá o cobogó bonito na fita. Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de is se regozijam no céu, com os Campana fazendo arte de sua patente.

Para ver +posts sobre cobogó, venha por aqui. Vale a pena!

Via Dezeen.

Comentar

SOFÁ DE ADOLESCENTE

Tags: +

Inveja, que quando eu tinha 16 anos o máximo que eu podia customizar era a paredinha ao lado do guarda-roupas. A Mônica customizou o sofá da sala. ;-) (Dica da Mariana Machado.)

Comentar

+ PATCHWORK DE AZULEJOS

Tags: + +

Este post é um moodboard. Porque eu gosto, porque eu quero, e porque mais cedo ou mais tarde a reforma do meu banheiro vai ser inevitável.

E eu estava aqui pensando que não existe isso de azulejo pra cozinha/azulejo pro banheiro quando se faz um patchwork.


A primeira foto é da Elledecor.it. As demais do Portal Casa. E última, da Casa Cláudia via Casa de nós dois.

Comentar

CÉU AZUL DE NUVENS BRANCAS

Tags: + + +

A obra de arte de nosso tempo é a instalação. Muita gente torce o nariz - geralmente as mesmas pessoas que têm Duchamp como uma enganação. Mas a instalação que (estou me repetindo, né?) 1) me provoca prazer e/ou 2) exercita minha imaginação e/ou 3) alarga o meu entendimento, pra mim é arte. E cola quinem chiclete na minha memória.

Samantha Clark e sua sala de nuvens (1ª foto) impressionaram só a mim não. Taí dona Ana Sinhana que viu o trabalho da Rebecca Miller (acima) e não me deixa mentir!

E como eu tinha mais um quarto de céu guardado na caixinha, tá na hora de mostrar:

Quer fazer igual? Pinte o quarto de azul da cor do céu, compre um pouco de enchimento branco de travesseiros e um fio de nylon ou silicone para prender a nuvem ao teto, e faça seu próprio céu. Mas a duração é curta, e sim, junta poeira. Mas né? Ter nuvens dentro do quarto não tem preço. Até a quarta-feira de cinzas fica mais azul.

'Você pode olhar para uma imagem por uma semana um nunca pensar sobre isso. Mas pode olhar para uma imagem por um segundo e pensar nela pro resto da sua vida.' Joan Miró.

O.A.: A Claudia pede indicação de serralheiro em Sampa. Tem alguma?

Comentar

UTOPIA É AQUI

Tags:

Rainha de Copas. Tinha uma professora que eu não era capaz de enxergar. Olhava pra ela e via a Rainha de Copas. Coisa parecida, mas do avesso, aconteceu ao ler a entrevista do genial arquiteto João Filgueiras Lima, o Lelé. Ele diz "Olha... Eu gostaria que houvesse uma retomada das pequenas cidades, que é a escala que o ser humano consegue conviver melhor entre si." E eu lia "Sei que existem remédios que podem aliviar o mal; mas estes remédios são impotentes para curá-lo."*.


E isso me dá uma vontade de passar por sua rua e te cumprimentar à tôa, como cumprimento os transeuntes de manhã. (Mais que isso não dá, ia ser cãimbra.) E ele continua, ora vejam só: "Em outra ocasião, fui chamado para fazer a residência de um diplomata em Brasília. Mas o cara era muito machista, sabe? Na discussão do projeto ponderei que, se ele fizesse uma casa de três pavimentos com cozinha embaixo, precisava de uma copinha em cima. Aí ele disse: ‘Mas, se eu quiser água, minha mulher desce até a cozinha para pegar’. Desisti do projeto. Tem cabimento uma coisa dessas?" Não Lelé, não tem cabimento.

Lelé ajudou a construir Brasília. E é dele o projeto dos hospitais da rede Sarah. Projetou prédios que aproveitam a luz e ventilação naturais, dispensando o uso de ar condicionado e diminuindo o risco de infecção hospitalar (“são os menores índices do mundo!”, segundo uma pesquisa suíça). Fora a conta de luz, que sairia em média por R$ 800 mil e fica em R$ 80 mil. Lelé também desenhou os equipamentos dos hospitais, como a emblemática cama-maca, que facilita os exames e a locomoção do paciente, levando-o para as áreas verdes que sempre permeiam seus hospitais.

*O hipertexto é Utopia. Não a utopia sonho. A Utopia de Thomas Morus. O texto em itálico é das páginas negras da Trip, corre lá pra conhecer mais um pouco esse homem incrível.

p.s.: Sinto pelo Lelé um carinho quinem pelo Zanine.

Comentar

VALEI-ME!

Tags:

Tem dia que só Padim Ciço, que foi padre, político, fazendeiro e santo, daria conta. É o dia em que você acorda e perde a hora, ou o ônibus, ou a oportunidade de ficar calado, ou de falar, ou troca todos os ous por &.

Oratório de Padre Cícero da Cabeça de Frade, que tem peças lindas.

Comentar

COZINHA EM CORES PRIMÁRIAS

Tags: + + +

Poderia falar tanto! Mas hoje só quero olhar.




É uma cozinha de verdade. Da ilustradora Lisa Congdon.


Comentar

+ IDEIA PRA ORGANIZAR SAPATOS

Tags: +

Era assim. Eu trabalhava numa multinacional e usava saltos altíssimos. Mas aí fui pra uma empresa que tinha corredores enormes... e encerados. Depois de uns tombos só engraçados e dois tombos sérios, pendurei os saltos. Modo de dizer, que foram parar no bazar do Pedro de Alcântara. Mas você, meu amor, é fina e ainda não desceu do salto, né? Então vai gostar de ver essa ideia da revista Living Etc deste mês:

Sancas de gesso + tinta colorida = sapatos de salto organizados! Infelizmente não dá pra guardar as sapatilhas assim...

Comentar

Erros na decoração

Tags: + + + +

Talvez o título desse post não seja adequado. Porque eu chamo de erro baseado na minha opinião. E acho que essa história de certo e errado não cabe muito em decoração. Cabe mais o agradável ou não. Também não acho que 'gosto não se discute', e já expliquei meus motivos. Então deixemos os prolegômenos porque quero falar de dois equívocos.

Esse fim de semana fui à Etna, um grande magazine de móveis e decoração. E talvez por ter visto muitos ambientes, tenha ficado mais fácil perceber duas coisas que me incomodam muito na decoração. São elas:

Móveis coordenados.
Comprar um conjunto de quarto faz com que a casa pareça um showroom. Não só é chato, e muito pesado visualmente, mas parece que quem comprou os móveis não se importa com o estilo pessoal. Fica árido. Repare em dois quartos assim:
Agora veja dois quartos em que isto não acontece. E olha que só escolhi quarto bege, propositalmente.
Quartos temáticos.
Se você vive perto da praia, ok ter um peixe aqui ou acolá. Mas decorar uma sala inteira com um tema é demais. E é ainda pior quando, tipos, o quarto do seu filho com tema de faroeste está no Rio de Janeiro. Sente o drama:
Pensou que eu exagerei na foto aí de cima? Já vi coisa beeeem parecida. E agora sinta a diferença:

#prontofalei

Comentar

SORTEIO OBJETOS COM ALMA - RESULTADO

Tags:


Queria experimentar fazer um sorteio pelo bilhete premiado da Megasena. Mas Megasena ajudou muito premiando bilhete nenhum. - Isso mesmo, vai lá, pode jogar porque tá acumulada em 28 milhões. Então, com anuência das moças do twitter, o sorteio foi feito pelo bilhete premiado da Loteria Federal. Em 6/02/10 o bilhete foi 15.144. Excluídas as entradas repetidas, o comentário premiado foi o 144, da Ligia Pallini. Ela ganhou o Lê Chat Noir de Steinlen que a Objetos com Alma sorteou!

Ligia, manda seu endereço por email pra mim?

E pra quem não ganhou... tem mais lá na Objetos com Alma.

Comentar

SILENCIO, NO HAY BANDA

Tags:

Quando eu era adolescente, vivia colocando óleo de máquina nas portas, pra ninguém ouvir a hora em que eu tava chegando. Mas, né? Ilusão. De todo modo uma porta que range fica só uns três graus abaixo de uma goteira, na escala de tortura.
Outra solução temporária, segundo o Apartment Therapy, é esfregar sabonete. "Há quem use sabonetes líquidos, mas um sabonete seco vai acabar com o ruído por muito mais tempo."




Mas uma solução que super funcionava de fato, pra não acordar meu pai com o ranger das portas, era pó de grafite nas dobradiças, pó que eu mesma fazia com aquela lapiseira 1,6 e o apontador estranhinho, que você só deve se lembrar se foi pra escola nos anos 80. Mas não se aflija, que hoje em dia é fácil achar pó de grafite pra comprar, numa embalagem bem parecida com óleo de máquina.

Comentar

PATCHWORK DE AZULEJOS

Tags: + + + + + +

Passo uns 40 minutos por dia em um ônibus. De manhã é sempre o mesmo ônibus, com a mesma trocadora e o motorista que, quando me atraso, dá uma morcegada no sinal pra ver se eu não destampo na esquina e desembesto correndo. Sento sempre na cadeira em frente à trocadora, que já foi madrinha de bateria de escola de samba, e tem dois filhos, e quando não falamos da vida, do tempo, ou das notícias de capa do Jornal Extra, eu leio. Ou assisto a seriados. Atualmente Dexter se divide com Schopenhauer.

Dexter é cínico. Mas Schopenhauer é tão cínico que poderia ser interpretado pelo Hugh Laurie. E entre insultos e vaticínios, li dele: "A nossa felicidade depende mais do que temos nas nossas cabeças, do que nos nossos bolsos." Besta e lógico? Quase. Todas as grandes verdades são extremamente simples.

Essa foto aqui de cima é da Marie Claire Maison. Poderia ser da casa da sua tia do interior, e você não achar graça nenhuma. Ou poderia ser da casa da sua tia do interior e você achar lindo, também por isso. ;-)

Comentar

NUVEM+CORAÇÃO = #MORRI

Tags: + +

Manja fixação? Eu mudo o canal/ Eu viro a página/ Mas você me persegue/ Por todos os lugares... Amei essa nuvem que chove corações! Tem um passo-a-passo em inglês, mas eu super vou fazer com o meu molde.

Comentar