Seguidores

Arquivo

VESTIDO NOVO PRA LOLA

Tags: + + +


"Oi Vivi! Tudo bem? Lembra-se de mim? A Renata, mãe da Laura. Bem, eu tenho mania de comprar roupas para as minhas crias somente em promoções, fora de estação e se possível fora do Brasil (para economizar um din din :)). Outro dia, comprei em um desses sites, onde as marcas anunciam suas promoções, um vestidinho lindo para a Lola, todo branquinho, com um corte clássico e que vinha junto a calcinha combinando, do jeito que eu gosto. Só tinha um problema, vinha uma "pomba da paz" bordada bem no meio do peito do vestido...ninguém merece! O vestido deveria ser específico para batizado. E aí pensei, e agora? O tecido é bom, o corte é lindo, o preço é melhor ainda...não vou perder essa boquinha por nada nesse mundo!

O vestido chegou e aquela pomba não parava de me olhar, eu não conseguia esquecer dela. Foi aí que eu resolvi resolver com a pomba e záz! Me baixou um Santo, fiz um esboço da minha Lola Alicificada, pintei com canetinha e me apaixonei por ela! Recortei moldes em feltro e algodão e impermeabilizei com termolina as pontas para não desfiar. Aí costurei a mão a minha nova Diva e... adeus pomba!!! Na calcinha costurei dois botões vermelhos gigantes na frente para simular um suspensório.


Minha Lola ficou toda charmosa com o seu Vestidinho Customizado que esconde um segredo...uma pomba. Achei tão bonitinho que resolvi te mostrar. Mil beijos!" Renata


:-D Eu acho que é assim que se faz! Porque difícil a gente gostar 100% de uma peça. Ontem mesmo cortei fora uns babadinhos horríveis de uma blusa da Ana, que tem uma cor linda. Ela ganhou uma camiseta básica e versátil. Fora os botões de meus vestidos, que eu sempre troco. Mas fala pra mim se esse botão de coração não é mais bonito que um verde encapado com o mesmo tecido?

Quer saber onde comprei o botão de coração? Na Caçula.

Comentar

ARAME, LÃ E FIOS

Tags: + +

Adoro desenhar letras com arame, mas acabo nunca sabendo o que fazer com elas. Percebi que se o arame for mais grosso, fica melhor. E se for engrossado com lã, fica melhor ainda. Link pro passo-a-passo.
E isso me lembrou muito outra cousa, essa solução perfeita pra Mel não mascar fio. Não é ótima? Seu gato também adora um petisquinho de fio, ou só 'qui'm'casa?

Pra facilitar, também fiz um passo-a-passo.

Comentar

IDEIA PRA CESTO DE BRINQUEDO

Tags: + + +

Cestos meia-lua aramados de lixo viram cestos de brinquedo. Não é ótimo praquele espacinho na varanda? Ou na área de serviço? Ou até atrás da porta? Os brinquedos ficam organizados e não roubam espaço.

Numa consulta rápida no Google, achei por 16,50+frete.

O ambiente é de Alessandra Amaral | Bianca Assuf. Foto do Morar Mais Por Menos/RJ 2010. (E sim, era pra ter postado isso há muito tempo. Mas antes tarde, né?)

Comentar

ESQUECER, LEMBRAR

Tags: + +

Eu tinha uma noção, mas definição mesmo do que era scrapbooking foi o Dexter quem me deu: “Scrapbooking é a tradição de colocar fotos e recordações em álbuns de recordação de família, com anotações relevantes.” (S3E2)

É isso, né? Um registro carinhoso. Uma versão moderna do antigo álbum de fotografias de família com flores prensadas entre páginas e mechas de cabelo amarradas com fita. As mechas e flores deram lugar pra gravuras, recortes, anotações.

Mas por que “perder tempo” com isso? Bem, eu tenho um diário. Escrevê-lo me torna testemunha da minha própria história. Claro que não escrevo tudo: filtro. Mas o filtro é peneira de palha de batear feijão. O grosso fica. Ao registro posso sempre retornar pra entender melhor. (Afinal distância, medida em quilômetros ou anos, aumenta o entendimento, dá clareza.)


Pessoas são diferentes. Se eu escrevo, é porque essa é a minha forma de me expressar e de registrar. Outras pessoas pintam. O Pablo faz scrapbooking.

Fazer um scrapbook é uma maneira diferente de escrever um diário. E como não me meto a ensinar o que não sei, temos um convidado! Com a palavra, Pablo:


Além dos materiais básicos, usei:
- Papel Kraft, um liso cinza e dois decorados;
- Três tipos diferentes de adesivos de letras;
- Carimbos;
- Duas cores de carimbeiras (Vermelha e Marrom);
- Três botões vermelhos;
- Duas cores de tinta PVA (Preta e Branca); e
- Agulha com linha (Cinza).


1- Depois de decidir o tema da minha página, rascunho o layout, já pensando em cores, formas e elementos, que remetam ao momento da foto. Por exemplo: uso folhas secas para compor uma página onde a foto será de um dia de outono.

2- Preparei um tom de cinza com as tintas, do mesmo tom que pintei a minha parede, e com um pincel médio, fiz um efeito de tinta respingada na folha que usarei de fundo, para remeter à ideia de sujeira de tinta ao reformar o quarto.

3- Antes de começar as colagens e costuras, eu monto o layout da página conforme os rabiscos que fiz. Isso serve para se ter certeza de que vai ficar bom, e no caso de alguma mudança essa é a hora de decidir. Se o projeto for bem complexo, sugiro que você tire uma foto do layout montado, pois se por um acaso você esquecer como era, pode tirar a dúvida.

4- Medi certinho, e recortei os papeis decorados que vou usar para a página. Começo agora à colar os papeis (usando fita dupla face), sempre com os que ficam atrás para os da frente.


5- Como esse carimbo vai ficar por baixo de um outro papel (a foto 2 desse quadro mostra isso), essa é a hora de usá-lo.

6- Depois de colar o papel por cima, vou furar com um alfinete onde será a minha costura. Para isso, use a base de corte e um pedaço de EVA para não "machucar" a sua mesa.

7- Usei costura cruzada. Depois da costura, preguei os botões e fiz a listinha de coisas que comprei para a reforma. Em seguida, colei as fotos, colei os adesivos de letras, que serviram de título da página. (Para ficar no lugar certinho onde você deseja, comece sempre de trás para frente.)

E está pronto. Sempre, depois que termino insiro mais alguns elementos. Nesse caso, costurei uma chave em amarelo, e coloquei um textinho falando sobre a reforma do quarto. Finalmente a página ficou pronta!

No scrapbooking é possível criar muitas coisas com diversos tipos de materiais, basta usar a criatividade. Se você está começando à trabalhar com ele, aconselho usar materiais alternativos, como papeis comuns (encontrados em papelarias). Os materiais específicos não são muito baratos, principalmente aqui no Brasil pois a maioria deles é importada. Eu costumo comprar em sites estrangeiros, demora um pouquinho pra chegar mas fica bem mais barato, e a variedade é imensa."

Quer saber mais sobre scrapbooking? O Google conta muito. Ou vocÊ pode trocar uma ideia com o Pablo. :-)

Comentar

FAVORITOS: A CASA DA DRI.K

Tags: + +

Se sua auto-estima está maisomeno, pula esse post. Depois não vai dizer que não avisei, hein?


Dri.k é DJ de verdade! e não só de press release ;-), mora no Rio, e tem um ap cheio de personalidade e referências. O tipo de decoração que fala muito de quem mora ali.



Objetos, frases, imagens. As paredes da Dri.k dão vontade de conversar, de perguntar o que ela achou de Londres, o que trouxe do mercadinho de Candem (repara a plaquinha) e de saber se a moça mexe com* moda.



Mas então por que mesmo que eu disse que precisava estar com a auto-estima nos conformes pra ler esse post? Well, já viu que a casa dela é fofa. Então repara nela. Aproveita, aumenta o som, e confere o MySpace da moça. :-)

♥ Adoro. É tão minha avó dizer "mexe com". Dá até um carinho.

Comentar

TCHAU DIANA, OI QUARTO!

Tags: + + +

Hoje é feriado no Rio. O que fiz o dia inteiro? Radda radda. Mas you are currently using 87% of your Gmail, então comecei a apagar emails antigos. Putz, em 94 recebia vídeos ANEXADOS. Não me admira que a internet era tão lenta. Mas daí que tem um email me pedindo fotos do apartamento de Diana, em Passione. A novela acabou, mas ó, super vale a pena ver de novo.

Razões para amar?
♥ Banco Jaya Design/Sabrina Arini de papelão. É ecológico e não é caro.
♥ Cadeiras Bertoia (de grade de metal) são sempre lindas, mesmo não sendo lá muito confortáveis.
♥ Lustre preto lindo. Esse é da TokStok.
♥ Banco de madeira que vira mesa de centro, mas se falta lugar pra sentar, é só roubar a mesa de centro ;-)
♥ Piso de madeira.
♥ No portal que divide os ambientes, foi adaptada uma prateleira. Ótima utilização do espaço.
♥ Parede do quarto laranja. Pra relaxar não é lá essas coisas. Mas ornada com imagens em preto&branco fica lindo.

Imagem: TV Globo / Renato Rocha Miranda. Já tinha sido publicada na minha coluna no Jornal Extra.

Comentar

JÁ TE VI

Tags: + + +

Fiquei olhando pra essa foto e loop, lembrei da calçada da minha bisavó. Porque se a minha memória não está me passando uma rasteira, era igOal. Pois pasme, esse rejunte tem glitter. Sai por cerca de R$300, o suficiente pra aplicação em cinco metros quadrados. É um produto italiano, mas vende aqui no Brasil.

Comentar

OUTRAS PARADAS

Tags: + + +

Eu tava ali agora, vendo Ondine com os pirras, e pensando em como adoro quando eles estão de férias, embora sempre seja difícil no comecinho. E em como eles são cada dia menos crianças, com mais discernimento, e que serão cada vez mais raras as chances de fazer uma festinha de nada, assim, quinem essa.

Aí lembrei que ainda não tinha mostrado essas fotos pra você, dos pompons que fizemos juntos no ano passado, e dos popcakes da Telinha.

Quer aprender a fazer os pompons? Ó só as mãozinhas do João ensinando.

Comentar

ANTES & DEPOIS - QUARTO DA DANI

Tags: + +


"Oi Vivi! Tudo bem? Meu nome é Daniela e sou muito fã do decoeuração! Adoro ler as novidades, é onde relaxo e busco muita inspiração pra minha casinha, afinal, por mais que seja simples, pequena, grande, é o nosso templo, nosso encontro com nós mesmos.

Sem muita grana para reformar meu quarto, dei um jeitinho nele com uma boa mão de tinta, adesivo de parede, cortina, consertei a instalação da luz, troquei os puxadores do armário, e adivinha? O poster do keep calm do decoeuração! Queria compartilhar com você como ficou!" Beijinhos, Dani.


Ó o que eu achei: Muito mais relaxante. Beijo, e parabéns!

Comentar

DOCE NA CAMA ATRAI FORMIGA

Tags: + +

Classicismo ♥ Medievo ♥ Renascimento ♥ Maneirismo e barroco ♥ Neoclassicismo ♥ Romantismo ♥ Realismo ♥ Impressionismo ♥ Moderno ♥ Contemporâneo.

Resumindo é isso, né? E o pós contemporâneo, o hoje, o que seria? Vivemos a era do Pastiche. Digo eu. Em tudo.

Porque, vamos combinar, desde que Duchamp teve a genialidade e a pachorra de assinar um urinol, tudo é arte. Tv é arte, design é arte. Se é boa ou ruim, isso é juízo de valor, e uma outra conversa.

Todo esse prolegômeno só pra dizer uma bobagem, uma coisa à tôa. As almofadas do BBB11 (abaixo) não lembram muito as do quarto doce do Hotel Moschino (acima)? Mesmo conceito, mesma ideia.
Releitura, meu amor. As tortas europeias versus os brasileiríssimos brigadeiro & beijinho. Pastiche. E não há nada de errado nisso. Atire a primeira pedra quem não conhece o caminho do CTRL+C, CTRL+V.

♥ Começou aquela época do ano em que metade assiste feliz ao BBB11, e a metade 2 acusa a metade 1 de estupidez. Quer reclamar do BBB pra mim? Nem vem, que faço o Keanu Reeves. Não há nada de errado em assistir o BBB. Então se eu disser que não assisto, estou fazendo um julgamento.

♥ Pode até parecer irritação, e nem é. É constatação das mais tranquilas, isso do tempo do pastiche. O readymade - e até o mau gosto - reinterpretado. (Fiquei mó tempão na frente da "Fountain", no Tate, admirada com a coragem, e triste pela covardia de Duchamp por não assiná-la com o próprio nome.) E respeito muito as referências despretenciosas, mesmo tendo contra mim que não engoli a caixa de Cepita.

Fotos TV Globo / Fred Rozario, e Hotel Moschino.

Comentar

ARRABALDES, OU PAULO MENDES DA ROCHA

Tags: + +

Lembra João, o que eu te disse? Que todo dia aprendo uma coisa? E nem tenho 9 anos! Um caminho, um jeito de fazer ou uma beleza nova. Todo dia. Que grapefruit, pomelo e toranja são a mesma fruta. Ou quase. Que a agulha certa facilita a costura. Que JKRowling assinou os livros assim, para que não soubessem que era mulher. Esse foi ruim. Que eu adoro leite de tigre, delícia.

Palavra nova é o aprender mais gostoso. Lembra o dia que expliquei, pra você e pra Aninha, aquelas 3 palavras que eu adoro, e guardo como tesourinho? Algures dá pra achar, alhures tá frio e nenhures sumiu. Palavras preferidas, junto com gambiarra, serigüela e jaboticaba. (Jaboticaba faz estalinhos na boca, feito a fruta estourando no dente.) Chego aguar com palavra nova. Hoje, João, aprendi arrabalde. Arrabaldes. Sei lá, achava que era muito, ou nunca tinha parado pra achar. Mas de ouvir um moço muito sabido, Paulo Mendes da Rocha, arquiteto quinem seu avô, vi que era outra coisa. Percebi. Arrabalde é lonjura, distâncias, assim de uma cidade. Palavra de gastar tempo no trânsito. Sei se gostei não.

♥ Algures = em algum lugar │ Alhures = em outro lugar │ Nenhures = em lugar nenhum

Comentar

PASSAR ROUPAS SEM DRAMA

Tags:


Essa conversa do que é pior de se fazer na manutenção da casa não tem fim. Eu não gosto de passar roupa, Sicrana não gosta de estender, Beltrana detesta lavar louça. Cada um tem sua des-preferência. Como sou ultra-prática, não tô aqui pra entrar numas de reclamar. Se existe a problemática, vamos partir pra solucionática.

Começo pelo que eu menos gosto: passar roupa. Mesmo que eu não passe minhas próprias roupas, e até por isso, faço de um tudo pra facilitar a vida da minha passadeira. E o que seriam esses truques pra facilitar o processo de passar roupas? Vamos lá!

1. Você sabe o quanto de roupa deve colocar na máquina? Conhece peso de cada peça? É importante não sobrecarregar a máquina. (Lembrando que além do peso, deve ser considerado o volume, como no caso do edredon.) Muita roupa na máquina=roupa torcida e amassada, mais difícil de passar.

2. Estenda as roupas assim que acabar a programação. Esquecê-las na máquina, só vai deixá-las mais amassadas, mais difíceis de passar.

3. Aquela sacodidinha na roupa não é frescura de vó. Sacodi-las antes de pendurá-las elimina um pouco dobras e amassados.

4. Pendure camisas e vestidos de tecido não-elástico em cabides. Use cabides plásticos, para não manchar as peças, e pendure no varal. Para que as roupas não escorreguem do cabide, você pode usar pregadores.

5. Tire a roupa do varal ainda ligeeeiramente úmida. Fica mais fácil de passar, e de brinde, economiza energia. Sua e do ferro. Mas só faça isso se tiver uma rotina de passar roupas. Pois se ficarem no armário muito tempo, pode acontecer de federem a mofo.

Truque ninja. Agora truque para aquela roupa muito difícil de passar: Polvilhe a roupa seca com água e enrole e coloque – dentro de um saquinho pra não pegar cheiro - na geladeira (pelamordedeus, geladeira não é freezer) por pelo menos uma hora antes de passá-las. Acredite: funciona.

Fonte da tabelinha: Eletrolux

Comentar

PAREDE ESCURA

Tags: + +

Folheando a LivingEtc de Janeiro, achei uma maré de paredes escuras. Seria uma tendência?
Vestidinho preto emagrece, calça branca engorda. Antes que você me diga que o que engorda é a comida, vou te contar uma das explicações para este efeito. O preto é uma cor escura, que quase não cria sombras na roupa. Menos sombras tornam a silhueta mais homogênea. É quase como usar o Lift’ n’ shape do Dr. Rey.
Mas o que isso tem a ver com paredes escuras? Tudo. O princípio das cores escuras não vale só pra roupas.
Roupas escuras são mais quentes? Aqui faz muito frio, só que ao contrário ;-) Então aquecer o ambiente não é uma razão pra usar uma cor escura na parede. Mas existem outras razões, como disfarçar uma coluna numa posição meio estranha, por exemplo.
Se o truque da roupa escura que 'emagrece' funciona, o mesmo se aplica às paredes, então sim, o ambiente pode parecer menor. Mas depende bastante da luz que incide.
Num home theater, ou num cantinho de relaxamento, uma cor escura também pode ajudar na sensação de conforto.
E ao mesmo tempo uma cor escura faz com que os acessórios se destaquem. Então, destacar um quadrão, ou uma outra obra de arte é uma boa razão pra pintar a parede de azulão.

♥ Todas as fotos são da LivingEtc de Jan/11

Comentar

DESTINO NA MÃO, E NA PAREDE

Tags: + + +

Aos 21 terminei a faculdade de Farmácia e, resumo da ópera, acabei ganhando uma bolsa de estudos fora do Brasil. Fui estudar genética com um professor incrível, com quem aprendi muito. Ele cantava o tempo todo "Scaramouche, Scaramouche, will you do the fandango?" É a música do Queen, mas é também uma outra coisa.


"Fandango" é uma dança, mas a palavra vem do português fado e latim fatum (destino). A pergunta "Scaramouche, Scaramouche, will you do the fandango?" pode significar então "Scaramouche, você vai cumprir o seu destino?"

Tomei coragem e dancei o fandango muitas vezes desde então, escolhendo outros caminhos. E pra não me deixar esquecer o destino que quero pra mim, pendurei essa lembrança na parede da minha casa.

Então, porque você também tem seu destino a cumprir, e porque o melhor lugar pro bicho-destino ficar é na mão da gente, tharaaans:


Mais um poster gratuito pra download no d♥! É só clicar no tamanho escolhido. O arquivo é pdf com qualidade pra impressão em A3 (297 × 420mm) ou A4 (210 × 297mm), mas se você quiser imprimir menor, também dá. Mas ó, manda imprimir numa gráfica, pra ter um resultado melhor, mais condizente com a decoração bacana da sua casa. ;-) A linha, no centro da mão, é a que representa o destino. Olha só a minha.

Comentar

E O POSTER É GRATIS

Tags: + +


Isso acontece, normal. Mas o poster não é da All Posters, nós sabemos. É do d♥. E é gratis. O logo não me deixa mentir. (Scan da Revista Minha Casa, de Jan/11. Dica da Milena Orlando.)

Comentar

O TEMPO E A PAREDE

Tags: + + + + + +

Descansar. Não tratar minha caixa de emails como quem esconde um chocolate no armário. E esquece. Conseguir tempo pra mim. Tempo do nível arrumar-tecidos-por-cor, e entregar a declaração de imposto de renda antes do último dia. Produzir mais as coisas que gosto. (Será que consigo fazer aquela colcha?) Escovar os gatos. Estudar. Muito. Olhar pras pessoas quando elas falam comigo (ao invés de ficar sempre pensando em outra coisa ao mesmo tempo). Usar creme anti-idade. Diariamente. Fazer as unhas. Voltar a amar o d♥. Escrever mais. Enviar os presentes de Natal. Retribuir. Telefonar pra minha irmã. E pra Thereza. Visitar o meu pai em Minas. E a minha avó na Bahia. E tia Lia no Mato Grosso. Atai-me às viagens como a postes.

O que vou fazer em 2011 é isso.

Enquanto eu cismo, tentando amansar o touro-tempo, e sossegar o coração que anda com premonições de fracasso, felizmente vocês estão com a corda toda, hein? Olha só a Roberta:

“Olá Vivianne, amo o d♥ e sempre pego várias dicas!!! Acabei de me mudar e resolvi fazer arte no apartamento alugado, pra dar um toque pessoal.

A sala foi pintada por um pintor profissional, e os papeis de presente foram comprados na Papel Kraft.
Foram colocados por mim mesma, com ajuda de uma amiga.
Por fim a arte final pós pintura e pós papel de presente! Obrigada pelas inspirações!!" Roberta Caminha

Comentar

FELIZ ANO TODO

Tags: +

Comentar

A IMPORTÂNCIA DO DESIGN

Tags: +

Olá, Vivianne. Sou estudante de design na UFRGS, já te mandei um email uma vez agradecendo um post que tu fez explicando sobre design. Bom, meus colegas fizeram um vídeo que achei que ficou bem ilustrativo e interessante para demonstrar a importância do design na nossa vida, se tu gostar e puder divulgar seria ótimo! Abraco e um ótimo Ano Novo! Thandra Leães Rodrigues

Comentar