Seguidores

Arquivo

Dá uma ajuda aê?

Tags: +


Tô planejando pro fim de semana uma mudancinha no quarto dos pirras/escritório. Mas fico olhando pra essas duas opções há dias, sem conseguir me decidir.

Pinto a parede, ou pinto um móvel (que já tenho aqui, e que é uma estante com porta)? Tô achando que pintar só a parede deixa menos atravancação. Mas pintar só o móvel com esse padrão é tãoo mais fácil. E aí? Me ajuda a decidir?

♥ Ninguém assiste tv. Essa aí é só pra jogar Wii e Play Station. Tipo ela nem tem antena, nem dvd. Quando a gente vê filme, é na maior, em outro quarto.
♥ O móvel de madeira é uma máquina de costura original dos anos 50. A madeira dela é linda e, pelo menos agora, tenho a menor intenção de pintar.
♥ Sobre o software, leia aqui, e aqui.

Comentar

Cera de abelha e pão sírio

Tags: +


Não sou nenhuma fada bordadeira. Pra falar a verdade, acho que bordo como quem faz palavra cruzada. (Talvez por isso meu bordado favorito seja o ponto cruz :-) Ou como quem vê novela. Bordo até viajando, na estrada.

Aliás, pausa pra digressão maior. Não posso ver filme mudo, tipos este O Artista. Ou filme calado, como A árvore da vida. Por que? Porque eu ouço filmes, muito mais do que vejo. Porque estou sempre fazendo uma outra coisa, tipos costurando, bordando, talecousa.

Aliás, péssimo exemplo o Árvore da Vida. Ô filme chato, que me deu uma sensação que o imperador tinha mané roupa nova nenhuma. Bora voltar pro post.


Por não ter mãos de fada, vivo procurando meios de facilitar o processo. Já sei a agulha certa (com ponta arredondada pra não furar o dedo, e com buraco maior, pra entrar a linha), e uso dedal, porque senão me machuco. Mas essa eu não sabia: usar cera de abelha na linha aumenta a resistência, e a durabilidade do bordado. E além disso a linha não arrebenta e nem embola no processo. Sonho, né? Ainda mais uma cera bonitinha, como essa da foto, da Purl Soho.

Seria, se não fosse tão complicado fazer. A cera eu até tenho em casa, mas passá-la na linha toda, colocá-la entre 2 folhas de papel toalha, e passar a ferro, animo não. Achei meio "pão sírio", aquele negócio que é tão complicado de fazer, que é melhor comprar pronto.

Por falar no assunto, aproveito pra te perguntar - em relação à decoração, ou ao trabalho manual, ou até à comida - qual é o maior "pão sírio" pra você? A coisa mais complicada de se fazer em casa? Conta aqui?

Comentar

+decoração de pizzaria

Tags: +


Por falar em pizzaria, essa outra tem um projeto de babar. Começando pelo forno, todo coberto de pastilha Bisazza (lembra?), e passando por esse chão lindo da parte de produção.


O projeto é do studio holandês Tjep, e o objetivo, com essas 'cabines' é dar ideia de trem movimento. Vai entender...


Mas com um espaço amplo assim, e com muita madeira, o lugar ganhou meu coração.


Repare nas lâmpadas penduradas e nas tomadas na parede. E no nicho fofo, com papel de parede do Studio Ditte (que apareceu em 10 entre 10 blogs, e que tem pra vender no Brasil, na Orlean).


E é verdade, cada vez mais a gente come com os olhos. E não só o que está no prato.

Comentar

A pizzaria do Jamie Oliver

Tags: + +


Acabei de ler que "Turistas brasileiros vêm ocupando cada vez mais mesas em restaurantes de chefs britânicos famosos, como Jamie Oliver e Gordon Ramsay, segundo funcionários e especialistas do setor de viagens." no G1. Fato constatado, e já com uns 8 anos de idade, vamos à novidade.


Agora tem mais um endereço pros brasileiros (-: a nova pizzaria do Jamie Oliver, no edifício Central St. Giles (aquele que parece Lego, sabe?), em Londres.


A  Union Jacks se chama assim em referência a bandeira britânica, já que se propõe a servir pizza inglesa (WTF??). Segundo a crítica, a UJ é "ávida por agradar, como um filhote de labrador" (WTF??).


Ou seja, parece que a comida é interessante. Mas mais interessante é o projeto, do studio Blacksheep. É vintage-simples-fácil de reproduzir, pois, ao que parece, é só o primeiro endereço. O de Chiswick deve abrir em breve.


Conta aí se você gostou? Se deu vontade de ir? Eu achei o uso do Eucatex furado, e as cadeiras com ferragem colorida, bem simpático.


Imagens via Dezeen. A bandeira britânica tem o apelido Union Jack porque é a união de outras. Dê uma olhada no gráfico da Wikipedia.

Comentar

Usando a caneta de escrever em tecido

Tags: +


Eu amo uma papelaria. Piro numa loja tipo a Caçula (RJ) com milhões de aviamentos e pinceis e tecidos, e que tais. Mas nem sempre acho uma utilidade pro que levo na sacola. É o caso da caneta de escrever em tecido. Tenho umas 5, nunca usadas. Mas ó a chance aparecendo!


Projeto do blog Wit&Whistle. E pra quem ficou curioso pra saber o que está escrito na almofada, vai a frase inteira:

“We are all a little weird and life’s a little weird, and when we find someone whose weirdness is compatible with ours, we join up with them and fall in mutual weirdness and call it love.” ― Dr. Seuss

Comentar

Presente pra minha avó

Tags: +


Minha avó me ensinou a bordar, e a fazer bainha, trocar botão e também a lavar a louça (esse último eu tinha uns 16 anos, shame on me.)


E daí que eu fiz essa bonequinha, que achei a melhor que já fiz até agora. (Eu adoro fazer bonecas. Não é sempre, mas é sempre que o João cisma que quer fazer um macaco, ou um toy. Aí uma coisa puxa a outra e eu costuro enquanto converso, enquanto vejo tv, acompanhando a costura dele.)


E achei bem bordadinha, e bordado lembrou a minha avó. Então é dela! Não podia ser diferente, né? Essa noite, a bonequinha viaja pra Bahia :-)

Quer fazer também? Basicamente usei o molde que a Mimi Kirchner disponibilizou no Purl Bee. (Molde aqui). Mas fiz rosto e cabelos de um jeito mais pessoal.

Comentar

Dicas do lar

Tags: +


Vi essas dicas na revista Real Simple e achei boas demais, pra não compartilhar. Escolhi as 10 melhores, olha só:

Dica 1: Pasta de bicarbonato com água pra limpar manchas amarronzadas das louças.
Dica 2: Usar porta-copos naqueles potes que costumam escorrer no armário, como mel, óleo, etc. Assim, evita-se melequeira.


Dica 3: Uma peneirinha pode evitar que o gelo boie na água. Facilita a vida e assim ele até derrete mais devagar.
Dica 4: Aquele cortador de ovos (que ninguém usa, e muita gente tem) é perfeito pra fatiar morangos!


Dica 5: Pra tirar os pelos dos estofados, uma luva borracha ajuda bastante, pois gruda nos pelos. Depois é só lavar. (Com o ralo tampado, pra recolher o pelo e jogar no lixo.)
Dica 6: Pra tirar os riscos de lápis da parede, lance mão de um desemgrimpante (que pode ser o WD40 ou o genérico).


Dica 7: Pra tirar adesivo, use um secador. O calor resseca a cola, e facilita a retirada do papel.
Dica 8: Pra limpar a sujeirinha do teclado do computador, use fita adesiva / durex. Porque eu não sei você, mas eu aqui não consigo bom resultado com aspirador.


Dica 9: Pra segurar os livros no lugar, use saquinhos de areia. Essa dica é da BHG.
Dica 10: E se você tem um porta-escovas de dente inutilizado por aí, é só usá-lo como vasinho.

Tem alguma dica aí, que você usa toda hora, e há muito tempo - como a da manteiga, lembra? - pra compartilhar? Conta pra mim? Conta aqui.

Comentar

Estampa de criança

Tags: + + +


Eu não canso de me abismar. E rogo todas as noites, cabeça no travesseiro, "Que o abismo não se perca de mim, que a capacidade de abismar-me, de me admirar, não me fuja. Amém"


E me abismei na maravilha da estampa deste edredom ter sido inteira feita pela mãe, copiando o desenho do filho. Abismei-me. Amei. Link, que mostra como ela fez, pra você fazer também :-)

Comentar

Ponto cruz geek

Tags: + +


Sabe quando uma coisa puxa outra? Outro dia a Ana Sinhana bordou um Scooby Doo em ponto cruz, e desejou bordar os Beatles. Aí eu lembrei dos iotacons.


Iotacons são desenhos criados por Andy Rash, que disponibiliza imagens grandes pra você fazer o que quiser. Dá pra bordar em ponto cruz o Steve Jobs, o House, Seinfeld, De volta para o futuro, Pulp Fiction, Indiana Jones, entre muitos outros.


O bom é que se borda rapidinho, já que são gráficos pequenos. Eu já fui de Kill Bill e Beatles :-) - e se você me segue no Facebook, já tinha visto, né? - Já pensou em toalhas com bordados assim? :-)

Comentar

Home office

Tags: + + +


O Gabriel me disse: "não trabalhar numa empresa é o futuro". Faz pouco tempo, e isso já é bem presente. Muita gente, cada vez mais, trabalha em casa. Niqui a necessidade de renovar o home office é eterna. Não mudam as pessoas, que mude pelo menos o cenário.


Geeeeralmente não gosto de pés de máquina revertidos em mesas. Mas o pulo desse gato aqui foi tirar o pedal. A ideia é simples e quase óbvia, mas juro que eu nunca tinha pensado nisso.


E as paredes? Bora perder o medo de cobrir as paredes. Pessoas criativas são chegadas num rascunho. E qual o problema de fazer um 'rascunho de imagens' na parede?


Por fim, essa mesa aqui da Martha Stewart, é o velho truque da tábua com dois cavaletes. A tia Martha - aliás, ficou sabendo que o programa dela vai acabar? :,-/ - até ensina a fazer num videozinho.

As imagens são bodieandfou, e curbly. Além da tia Martha, é claro.

Comentar

Pra apartamento pequeno?

Tags: +


A resposta continua sendo marcenaria. Veja só como esse ( )loft ( )kitchenete ( )studio - escolha o nome que preferir :-) - de 40m2 ganhou múltiplas possibilidades. A cama escondida e pode rolar festinha.


Olha só o espação! Dá até pra ter uma sala legalzona com sofá bacana e cadeiras Eames. Daí tem que trabalhar, e opa! cadê mesa? Aparece puxando uma porta do armário e descendo a bancada. Olha o antes/depois:



Mas aí é hora de dormir, e a gente quer cama. Puxa a cama e ainda tem uma estantezinha pros livros de cabeceira.


Projeto do escritório de arquitetura americano Normal Projects. É em Manhattan, mas poderia ser em Copacabana :-)

♥ Por falar em Eames, sou só amor pelo documentário, você viu? Tem o trailer aqui. E, com legendas em inglês, dá pra ver com esse link aqui. A dica do filme foi da Luana Lagoeiro.

Comentar

Estante que não ocupa espaço.

Tags: + + +


Já é modinha, nos blogs gringos, adaptar uma estante de temperos pra usar de estante pra livros. Seja no quarto das crianças, ou mesmo na cozinha, é bem útil.



A prateleira de tempero convertida em estante ocupa pouco espaço, e dá pra colocar ao lado da cama, ao alcance da mão da criança. E tem pra comprar em vários lugares, de lojas de 1,99 à Feira Hippie de BH, e em todas aquelas lojas que vendem caixas de mdf pra artesanato. E ainda são baratinhas :-)

Imagens via Pinterest.

Comentar

Ideia pra organizar os lápis e quetais

Tags: + + + +


Latas, uma chapa de metal (ou pode ser de madeira, ou até um espelho - lembra das latas de Campbell's? - ou até só prender na parede). E pronto, você tem o seu próprio UTENSILO. Ou quase. Mas que é uma solição e tanto pra organizar os lapis de cor, canetinhas, giz se cera, e et ceteras, dos pirras (cof cof) ou seus mesmo, isso é. Via HGTV.

Comentar

Oscar Niemeyer x o fundador da Bauhaus

Tags: +


Entre Gropius e Niemeyer, eu sou #TeamZanine desde criancinha, mas a história é boa. Segundo o Brainstorm9, Niemeyer disse ao Correio Braziliense:

“A Bauhaus, que é a turma mais imbecil que apareceu, chamava a arquitetura de a casa habitar. Não interessava a forma, desde que o quarto estivesse perto do banheiro, a cozinha perto da sala e funcionasse bem. Foi um período de burrice que conseguimos vencer. A escola que eles construíram nunca ninguém pensou nela, porque não tem interesse nenhum, ninguém nunca ouviu falar. E o chefe do negócio, o Walter Gropius, era um babaca completo. Ele foi na minha casa nas Canoas, subiu comigo e disse a maior besteira que já ouvi: “Sua casa é muito bonita, mas não é multiplicável”. Pensei: que filho da puta! Para ser multiplicável teria que ser em terreno plano, teria que procurar um terreno igual e meu objetivo não era uma casa multiplicável, era uma casa boa para eu morar. Eles eram assim, sem brilho nenhum. E o trabalho que ele deixou é um monte de casas que se repetem. Foi um momento que ameaçou a arquitetura, mas Le Corbusier e os outros reagiram. Foi um momento em que a burrice queria entrar na arquitetura, mas foi reprimida.”

Hmmm. Tá.

Comentar

A semana aqui em casa

Tags:


 Tá, não ficou com cara de mau, mas é o Jack Skellington. O molde, pegamos no Crafster.


 Esse peso de porta tava semi-pronto há séculos. Mas eu não queria encher de areia, porque sempre furam e espalham areia pela casa. Daí eu tava com bolinha de gude pra guardar, e, né? Por que não "guardar" no peso de porta? ;-)


Nesse calor dá uma fominha que não é de nada. É meio que de gelo, de abrir a geladeira. Picolé resolve super o caso. Essa forminha é de um supermercado no bairro da Liberdade (SP). Mas procure pelas lojas de 1,99 que sempre é possível achar algum tipo de forminha de picolé. E qualquer suco vira festa.


Pimentão colhido na janela -> ♥ E já tem outro a caminho. Nem o calor do verão ameaçou minha hortinha :-)

Comentar

Quarto de filha de blogueira

Tags: +


O quartinho é fofo e verdadeiro, ou seja, tem uma certa baguncinha. Mas tão lá a parede-lousa, a cadeira Eames...



Gaiola colorida, bonecos em cestos ("wire planters") na parede, e poster da Camilla Engman...



Nem a caixa de madeira com brinquedos faltou. Eu gostei do resultado, e você? Do bleubirdvintage.

Comentar