Seguidores

Arquivo

Publieditorial: Vim Cloro Gel, limpa 3 vezes mais!

Tags: +

três vezes mais limpeza

Vim é a evolução da água sanitária e rende três vezes mais que as águas sanitárias. (Teste realizado em vaso sanitário.) Três vezes mais limpeza é muito melhor, né? Pra você conferir todo esse poder de limpeza, o Vim Cloro Gel bolou uma brincadeira.

três vezes mais limpeza

Nesta brincadeira, os germes acabaram de invadir a casa! É só espiar: tem o pegador, a sonsa, o porco, o inconveniente e muitos outros que querem permanecer de qualquer jeito. Mas com Vim Cloro Gel nenhum vai ficar. E quem vai dar o fora neles é você!

Conheça a Casa com Germes, divirta-se com o perfil de cada um, mas lembre-se: depois de espiar, é hora de eliminar! Acabe com eles com a força especial de Vim Cloro Gel, a evolução da água sanitária que mata todos os tipos de germes.

Comentar

Um apartamento *muito* pequeno, clean, e cheio de ideias diy

Tags: + + + + + +

muitas ideias para apartamento pequeno - espaços coloridos

Paixão eterna, paixão verdadeira pelo blog finlandês Mustaovi. Lá encontrei esse apê micro, cheio de idéias faça-você-mesma, clean e über nórdico.

     A mesa - que funciona para escritório e para jantar - é feita com tábuas sobre um cavalete. Pra customizar, uma faixa pintada de preto funciona como um caminho-de-mesa moderno.

muitas ideias para apartamento pequeno - espaços coloridos - adesivo vinílico

     Na cozinha, retalhos de adesivo vinílico preto na geladeira modernizam a peça e ainda funcionam como quadro negro.      Elásticos presos na porta fazem um mutal inusitado. Pra copiar!

muitas ideias para apartamento pequeno - espaços coloridos - quadro negro

     A tia Martha ensinou com tinta. Mas também dá pra fazer com o adesivo vinílico, ou inté comprar. O causo que o calendário de quadro negro organiza a vida e ainda é bonitinho.      E olhaí de novo o elástico amarrado na porta, aparecendo do outro lado!

muitas ideias para apartamento pequeno - espaços coloridos - luminária de PVC

     Molezinha montar uma luminária de PVC, ou de cano de metal. Tem 3 fontes de ideias: BHG, Design Boom e ManMade. Pra se inspirar, tem ainda as Kozo-lamps     E a tela sem moldura. Trocaram depois (vide primeira foto), mas se a Donna Karan pode, por que a gente não poderia?

Comentar

Muitas ideias pra decoração de festa junina

Tags: + +

decoração para festa junina - ideias juninas

Pra ler esse post, primeiro clica aqui e deixa rolar Seo Luiz Gonzaga, pra entrar no clima. (Se tiver no trabalho, cuidadim que o link faz barulho.)

Entrou no clima? Então simbora pular a fogueira iô iô! Eu adoro festa junina! As comidas, as roupas, o clima, a decoração. E pra programar a festa junina desse ano, comecei cedo a pesquisar as festas dos outros :-)

decoração para festa junina - ideias juninas

#ideia01 Chapéus usados como decoração. As flores do campo trazendo todas as cores das chitas, ajudam mais ainda :-).


#ideia02 Peneiras usadas como bandeja.

decoração para festa junina - ideias juninas

#ideia03 Substituir as chitas pelas estampas de bandana.

decoração para festa junina - ideias juninas

As fotos até agora são da Drica Góes, e a decoração da Graziella Beltrao.

decoração para festa junina - ideias juninas

#ideia04 Substituir as bandeirolas comuns por bandeirinhas triangulares em nome da fofura.

decoração para festa junina - ideias juninas

#ideia05 Enfeitar as colherinhas dos docinhos com fita xadrez. As ideias #4 e #5 são da Santo Conselho.

Outras ideias pra decoração de festa junina, aqui. E você? Tem alguma ideia pra compartilhar? Conta aqui pra gente!

Comentar

Cozinha-corredor, e um truque para espaço pequeno

Tags: +

truque para pequenos espaços - cozinha apertada - espelho para aumentar

truque para pequenos espaços - cozinha apertada - espelho para aumentar

truque para pequenos espaços - cozinha apertada - espelho para aumentar

Olhe bem essas fotos, e ache o espelho. E me diga se ele não fez você achar essa cozinha beeeem maior? Truque pra copiar, pra usar, e pra limpar com muito desengordurante ;-) Via blackbirdstyle.

Comentar

Pintando com água sanitária

Tags: +


Vira&mexe a blogosfera elege (ou faz renascer) uma técnica de artesanato. Recentemente fez isso com a string art, lembra? Pois essa técnica aqui tem ali num livro que herdei, da época que se chamava água sanitária pelo fofo nome de "cândida" :-)


Mas veja pelas fotos: não é nada difícil decorar guardanapos assim. Mas olha, comece por um tecido "rascunho", até ter firmeza na mão, e não correr risco de ficar com um "presente-de-escola-pro-dia-das-mães", hein?

pintando com água sanitária - faça você mesmo - como disfarçar respingo de alvejante

pintando com água sanitária - faça você mesmo - como disfarçar respingo de alvejante

Acho uma boa técnica pra disfarçar aquele guardanapo que já está com respingo. Fonte.

pintando com água sanitária - faça você mesmo - como disfarçar respingo de alvejante

Fonte dos guardanapos rosa.

Comentar

Ao redor da porta

Tags: + +



Imagine a cena. O mocinho vem falar com a mocinha, avisar que está tudo acabado e que vai se casar com a vilã. A mocinha fecha a porta, agarra uma das fotos do portal e, de costas, escorrega na porta chorando. Pronto! Um clássico ilustrado.




Mas não resisti, pois sempre que vejo uma porta-mural, é essa cena aí que vem na minha cabeça. E como cada vez vejo mais, juntei algumas dessas imagens aqui - lindas! - pra você.



O lado bom da alegoria? É sempre na casa da mocinha que fica a porta-mural.



Mas tem sido curioso notar que um dos últimos limites da sisudez na decoração (ou do clean mesmo) já era. A porta vem tendo ideias. (Essa aí de cima é uma fita com tachinhas.)



Você adota/adotou/adotaria?

Imagens do Pinterest (que torna cada vez mais difícil achar o dono da imagem).

Comentar

Clube Decor: presente feito à mão

Tags: +


Ainda me lembro que, quando criança, ganhar uma boneca era algo importante. O presente vinha acompanhado de uma história. Primeiro vinha a pergunta, em mal interpretada naturalidade: “Filha, o que você quer ganhar de presente de aniversário?” Depois vinha o esforço de meus pais para comprá-la. Quando a boneca chegava embrulhada em papel de presente, com dobras e flores de fita plástica, era a felicidade pontuando a história.

Depois vieram os anos 80, o consumo de massa, e as lojas de 1,99. E uma boneca se tornou só uma boneca entre tantas. Nos tornamos menos sensíveis aos presentes. A indústria e as grandes cadeias de lojas fizeram com que a ligação entre nós, consumidores, e quem fez o produto fosse perdida. (Bem, algumas substituíram essa ‘ligação’ pelo SAC, argh!)

Mas como não há mal que nunca se acabe, a internet, ela mesma, a que tanto nos desconecta do mundo real, veio nos dar uma nova oportunidade de redescobrir o entusiasmo. A internet agregou os artesãos, e veio o Etsy, a Tanlup, a Elo7, e tantas outras que, como guildas pós-modernas, nos permitem comprar diretamente de quem produziu.


Quando compro um produto feito à mão, compro mais que um produto: estou patrocinando o trabalho de um artista que deposita seus sonhos, criatividade e amor no trabalho. E me dá uma quenturinha no coração saber que eu estou apoiando a paixão de alguém.

Agora pense comigo: o que você prefere ganhar de presente, um caderninho feito à mão por um artesão, ou um de uma gôndola de papelaria produzido em massa? É essa a diferença entre preço e valor. Quando você dá um caderninho feito à mão para sua amiga, a mensagem é que você se importa o suficiente para comprar um presente tão único quanto ela. Dar um presente feito à mão, em vez de um industrializado qualquer, é como se você escrevesse uma carta, ao invés de apenas assinar um cartão de “Felicidades”.

Mais que isso, eu acredito que o carinho se materializa. E não é por nenhuma razão metafísica, ou esotérica, é bem simples. Sabe quando você está de mau humor e põe sal demais no arroz? O contrário também acontece. Quando algo é feito à mão, com carinho, o produto é parte da vida daquela pessoa, e então passa a ser parte da sua história.


Eu quase só dou presentes handmade. Muita coisa feita por mim mesma, mas muita coisa comprada mesmo, encomendada. Assim, quando a gente lá no Clube Decor combinou de fazer uma postagem sobre presentes feitos à mão, eu lembrei que não precisava ser só por minha mão, mas poderia ser pela mão de alguém com rosto. E também que era bacana mostrar uma opção simples e artesanal de embalar este presente. Então hoje o presente é meu, mas foi feito pelo lindo Lilou Estúdio: um caderninho artesanal e elegante, com capa de couro. E com saco de papel pardo + furador + fita + caneta branca e carinho, você embala seu presente especial.

Eeee, para ideias de presentes pra você mesma fazer, faça uma visita às meninas:
♥ A Regiane ensinou a fazer pingentes de seda para chaves.
♥ A Vivi Visentin se armou da pistola de cola quente, e fez almofadas que aguentam chuva.
♥ A Mirella fez um vasinho de recados fofo!
♥ A Ana chamou no glitter e fez um quadrinho, pra quem não vive sem café.

Comentar

O Barroco Brasileiro dos irmãos Campana

Tags: + +


Você viu o novo trabalho dos irmãos Campana, o Barroco Brasileiro? São peças belíssimas, deslumbrantes, translumbrantes, feitas como uma espécie de colagem de pequenas peças de cobre, ou de latão. Fiquei um bom tempo de boca aberta, admirando.


São os primos ricos daquelas colagens de chavinhas e sobras de bijuteria em porta-jóias nos anos 80, lembra? Os primos nobres e bem nascidos.


Mas. É, tem um mas. Mas me chamou a atenção o fato de uma coleção com esse nome - Barroco Brasileiro - ser completamente produzida na Itália, por artesãos romanos. De alguma maneira esse questionamento também apareceu em uma entrevista com Humberto Campana. Veja só:

"Onde você se localiza culturalmente? Seu estúdio fica em São Paulo, mas a maioria do seu trabalho é para as marcas europeias.
- Três dos meus avós são da Itália. (...) Mas eu sou muito brasileiro. Eu fico entre os dois. É verdade que nós trabalhamos com muito poucos fabricantes brasileiros (...)."

Não falou de produção, mas fica a questão.


Não é juízo de valor, o que emito. É apenas uma pulga, que me coçou a orelha. Porque, não vou te enganar, quando penso em trabalho com metal, penso mesmo em Roma, ou Firenze, onde tirei essa foto aí de cima, no mês passado, de um bronzista de aldravas*. Mas é que "Barroco" ok, perfeito. "Brasileiro" me pareceu fora de lugar, estranho, inadequado.

Mas né? Bobagem, diria o bardo. "O que é que há, pois, num nome? Aquilo a que chamamos rosa, mesmo com outro nome, cheiraria igualmente bem."

♥ Aliás, você já viu o Tumblr de marido? Fotos de viagens, das crianças, de nossa vida besta, e até do louva-a-deus da janela. E várias de aldravas italianas.
♥ E você, o que achou da coleção Barroco Brasileiro? O que achou do nome?

* Aldrava: Peça em bronze ou latão fixada na porta de entrada para usar como batedor. em vez de bater com a mão na porta para chamar o morador, utiliza-se a aldrava.

Comentar

Como escolher e coordenar roupa de cama infantil

Tags: +


O dcoracao.com é partidário de tirar proveito de coisas que sejam fáceis de fazer ou de trocar, dos toques que - com algum ou pouco esforço - deixam o quarto lindo, sem precisar correr pro quebra-quebra. Nessa vibe, os têxteis acabam sendo uma saída bacana. Já falei isso, né? Mas verdades a gente repete. No caso dos quartos, o tecido é presença muito forte, pois a roupa de cama costuma ser a superfície que mais chama nossa atenção: tá lá, no meio quarto, e pode fazer toda a diferença (pro bem ou pro mal). Se junto com a roupa de cama, trocarmos um quadro, por exemplo, o makeover tá pronto. Mas escolher roupa de cama infanto-adolescente-pirra não é fácil não. Os personagens de desenhos podem ganhar a guerra contra a elegância, e a belezura. Mas como fazer pra não cair nessa armadilha? Well, o dcoracao.com te dá três alternativas (e a Tok de Conforto ajuda com muuuitas opções):


#DICA1: Vá de estampas do universo infantil, com cores neutras. A gente reclama de falta de opção, mas procurando bem, existem estampas MUITO fofas, que te mantém do lado de cá da força (deixando o quarto temático do lado de lá). Corujinhas e casinhas são dois desses bons exemplos, que povoam o universo infantil, e deixam o quarto mais bonito. :-) Daqui e daqui, corre que estão com descontinho.


#DICA2: Escolha estampas neutras, com as cores favoritas dos pequenos. Edredons com um lado liso e outro estampado, são 2 estilos pelo preço de 1: para um visual clean, contemporâneo, essa semana vá de lado liso. Quando quiser mudar um pouco, vá para a estampa.


#DICA3: Se a criança aaama aquele personagem, faça a vontade com um jogo de cama, pra dormir. A Tok de Conforto tem vários, com preço bacana. Também dá pra fazer a vontade lindamente com uma toalha de banho foférrima. Mas colcha e edredon pra ficar durante o dia é o que confere o estilo do quarto, é o que fica visível, e nesse caso o ideal é fugir do super-herói e da princesa. Confira mais opções no site: tokdeconforto.com.br.

Comentar

Um painel de cozinha, DIY e lindo!

Tags: + +


Um pedaço de mdf, ganchos, papel de parede, e arrumação na cozinha :-) A 101woonideeen dá a receita :-)


Tá, que o papel de parede tem que ser lavável, senão não rola. Mas esse painel de cozinha, feito com materiais, simples é lindo demais pra ignorar ♥. Organiza um monte de coisas e ainda enfeita :-D


Marido, se prepara, que nossa cozinha vai ganhar essa peça :-)

Comentar

Como fazer flores lindas de papel

Tags: + + + + +


Achei no Pinterest. O modo de fazer é exatamente como o dos pompons, lembra? Corte retângulos de papel de seda de 12x15cm, dobre em sanfoninha, de 5 a 10 retângulos juntos, corte as pontas e voilá!


A diferença do pompom é que no centro, ao invés de linha, você amarra com o arame que vai servir de cabo. Pode ser um arame simples, que depois é revestido com fita floral. Ficam lindas pra decorar a festa junina e eu ando fazendo um mooonte delas para isso :-)

Comentar

Bigodes na porta

Tags: + + +

Você sabe. Às vezes meu texto inteiro é pra convencer uma pessoa muito difícil de dobrar: eu mesma. Tudo começa com uma dúvida se gosto ou não gosto, de uma coisa ou outra, sem saber bem por que. Aí desperta a mania de caçar razões, como quem procura o último chocolate no armário. Ora, você vê. Eu que nunca tenho certeza de nada, vivo tentando pegar pelo rabo certezinhas à tôa.

Então esse é um daqueles casos. Não sei se gosto ou se não gosto. Mas acho que gosto. Porque anima (naquele sentido lindo dessa palavra, o de ter alma), libera sorrisos. É meio besta, pode enjoar, mas enquanto é, é bom..



Da Mamma Tamo.

Comentar

X-tudo de estampas

Tags: + + + + +


Não, esse não é um post sobre como misturar estampas. É mais um registro de algo que começa a ser bastante comum: uma mistura de estampas que lambem a poluição visual, mas que - de alguma maneira que talvez o excesso de informação da sociedade de informação explique - faz sentido.


Acho que a primeira vez que vi uma mistura assim foi em 2009. De lá pra cá, muita água rolou por baixo da ponte, e posso dizer que meu olho se acostumou, a ponto de até gostar de uma coisa ou outra.


Mas olha, nem sempre a coisa é/precisa ser arregalada. Pode até ser uma misturinha de mesmos tons, de estampas quase neutras, como nas fotos abaixo. Mas é uma mistura de estampas antes vista apenas em cenários psicodélicos, e agora, valham-me-deus-e-as-crianças-com-bom-sono, quartinho de bebê tá recebendo essa graça.


Imagens da dinamarquesa Retrovilla, que vende todos esses papéis. E falta, aqui nos comentários, você me dizer o que acha.


Mais posts com papel de parede? Aqui. E sobre estampas? Aqui.

Comentar