Seguidores

Arquivo

CAMBRIDGE LADIES

Tags: + + +

Às vezes quando vejo um ambiente decorado, lembro de um poema do e.e.cummings, the Cambridge ladies who live in furnished souls. Não é muito bom, e a ideia brinca no trapézio (® Brás Cubas) e logo ouço Simenon dizendo "O interior da casa era de impecável mau gosto, muito bem envernizado e disposto como se jamais fosse usado."

Caramba, casa é pra se viver, e a bagunça, e uma coordenação meio maluca entre objetos, só demonstra que o dono da casa é capaz de gostar de mais coisas que uma única. De mais uma cor que o branco. Ou o bege. (E se quiser tudo branco, e se isso for uma verdade, uma identidade, e não uma sugestão do decorador, que seja!)

O gaveteiro monstro é de um quarto de bebê (via @luisavoll). A colcha não perfeitamente esticada, o cachorro dormindo onde não devia, o sapato fora de lugar, não te dão uma gasturinha de felicidade? De saber que ali moram pessoas?

E se eu gosto deste outro quarto, não deixo de perceber uma realidade exagerada, uma bagunça ordenada demais. Mas é porque saiu na revista. E então imagino o quarto hoje. E sim, eu gosto. Do mesmo jeito que gosto de Cambridge ladies who live in real souls, in real homes.

Comentar

EDUARDO RECIFE NO PÉ

Tags:

Eu adoro o trabalho do Eduardo Recife. Gosto muito da série FIB, com dicas bacanas de bem viver, como essa aí de cima. Tenho até uma reprodução feita em casa de um trabalho dele. (Na época tentei comprar, mas o gajo disse que foi feita para um trabalho comercial e não podia vender.) E esse blog não costuma falar de moda, mas olha bem e vê se eu não precisava dividir isso:

É que um trabalho do moço virou tênis, e lindo! Disponível na gringolândia.

Comentar

CURSOS GRATUITOS

Tags: + +

A Leroy Merlin está oferecendo vários cursos gratuitos em todas as lojas do Brasil. Os temas vão desde a decoração até a construção. Tem curso de colocação de papel de parede. Mais informações no site da Leroy Merlin.

Agora se você, como eu, não tem horário comercial de seu pra fazer os cursos, aqui tem uns vídeos de passo-a-passo, que usei pra colocar eu mesma (& marido) o papel na minha casa. A Ana também usou, né Ana?

Ah, o papel de parede da foto é do Rosenbaum, e é da Bobinex.

Comentar

INDICAÇÃO PROFISSIONAL - ARQUITETO

Tags: +

Como a indicação de marceneiro funcionou bem no outro post (se você tiver mais sugestões, coloca lá?), recebi mais um email:

Com a dica sobre o marceneiro, me veio a idéia para algo mais básico neste momento crucial de mi vida: será que a Vivianne, e toda a rede do coração, tem algum(a) arquiteto(a) que não mete a faca para me indicar? O meu interesse seria somente na elaboração de um projeto, com planejamento e custo dos materiais.

Um beijo!
Amélia


Alguém tem um arquiteto em São Paulo pra indicar pra Amélia? Se conhece, conta aqui?

Comentar

CASA COLORIDA

Tags: + +

Queria te pedir uma coisa. Chuta onde fica essa casa? Lá no final eu vou contar. Mas primeiro olha pra essas fotos. Chega aqui mais pertinho. Veja os detalhes. Peraí que já volto.

***

Então ando um pouco bissexta, né? É o tempo. Ou a falta daquele tempo besta em que se assobia de tarde. Tempo de se pegar uma laranja e ficar descascando bonitinho, pra sair a saia inteira: uma espiral só. Daí ontem eu revirei umas coisas quin'casa. E pensei no quanto eu ando procrastinando as alegriazinhas que prezo tanto. E resolvi exercitar mais. E fiz uns corações, parará. E hoje fiz mais outro. E depois que todos estiverem na parede eu te mostro. Porque pra parede mesmo ontem foram uns pratos, e agora eu quase já posso escrever um post (respondendo a emails) sobre como pendurar e onde comprar pratos mais modernetes.

Mas aí eu vejo um monte de coisas e quero te mostrar. Um chá de bebê fofurinha. Um espelho quebrado que ficou mais bonito do que quando era perfeito. Uma tirinha do Liniers que mostra BH e mastiga minha saudade. O flickr do Marcelo, o moço que fez aquela ilustração que apareceu por aqui na casa da Flávia.

Ah, e o cafofo love* agora tem uma adorável luminária Mr P, que na foto aparece cobrindo sua vergonha com a penumbra, que o sobrenome dele não é Shy à tôa. (Baratinha na gringa)

*Sempre achei chique uma casa que tem nome próprio. 'Vila  Sofia', Chamego Center (porque Jojô é fina), Icari (essa é do meu pai). Ainda faço um concurso pra nomear a querida bagaça direito. E com prêmio, porque não sou como o HSBC.

Ah, e já ia me esquecendo. A casa lá de cima é na Grécia. Mas mó cara de ser no Brasil, né não? Uma prova de que a globalização é muito mais antiga do que o verbete.

Comentar

MOLDURAS

Tags: + + +


Essa semana tive um motivo pra dar uma sacudida na preguiça e terminar de customizar umas molduras que estavam escondidas embaixo da minha cama. O motivo eu conto outro dia ;-) Mas procurando maaais ideias, achei um vídeo do Portal Casa, que ensina a fazer essa moldura da foto usando guardanapo de papel. Para ver o vídeo, clique aqui. A mesma ideia pode ser aplicada para espelhos de luz.

No Rio, um lugar onde se acha molduras lisas bem baratinhas (de 5 a 15 reais) é a Casas da Mamãe, no Saara, na Rua Senhor dos Passos 292/294 (quase esquina com o Campo de Santana.)

Comentar

INDICAÇÃO PROFISSIONAL - MARCENEIRO

Tags: +


Já faz um tempo que quero abrir aqui no de(coeur)ação um canal para indicação de profissionais. Porque todo mundo precisa, né? E não é muito fácil conseguir. Então bora começar os trabalhos?

Bem, finalmente eu e meu noivo recebemos as chaves do apto e agora o lerê começou... Vamos fazer umas reforminhas e acabei de quase desmaiar com o orçamento do meu marceneiro! Caríssimo!!!! Por isso estou aqui pedindo um help. Vocês tem algum marceneiro para indicar para que eu possa pedir um orçamento, para ter pelo menos, uma comparação?

Obrigada desde já! Beijo grande, Ju


Alguém tem um marceneiro em São Paulo pra indicar pra Ju? Se conhece, conta aqui?

Comentar

1 + 3

Tags:

Coisinhas que ando desejando de lojas online. Lustre preto Rosamundo / Banqueta Tio Zé da Desmobília / Tigela de coração da Gift Express / Cofre Gnomo dO Segredo do Vitorio.

Comentar

PROMO DOROTÉIA, REVIRAVOLTA

Tags: +

Oi Vivianne,

Aqui é Vera, é com surpresa que li o post. Fiquei meio atrapalhada. Gosto muito de trabalhos manuais e andava pesquisando na internet, quando dei com dcoracao, com ideias bastante interessantes, e fiquei pesquisando link atrás de link. Quando postei a resposta com a palavra naperon, eu nem me apercebi que era um concurso, nem sequer o que estavam oferecendo. Simplesmente como sabia o nome - porque aqui em Portugal os naperons fazem parte do nosso imaginário de criança, pois são peças típicas das casas das nossas avós - resolvi esclarecer o mistério. Por incrível que pareça, os naperons actualmente em Portugal não têm o sucesso que tiveram há alguns anos, acho que porque as pessoas não souberam modernizar os naperons, dando-lhe cores mais vivas e funções mais actuais, e portanto as pessoas vêem-nos como algo antiquado e de mau gosto. Dá para acreditar? Este ano, num evento de design, o Experimenta Design, a Coca-Cola resolveu fazer um projecto que consistiu mais ou menos nisto:

"Para promover o bom gosto, a Coca-Cola Light lançou a campanha ‘Gosta de ti’ cujo desafio consiste em convidar as pessoas a trocarem os objectos menos bonitos por uma Coca-Cola Light.”

Um dos objectos “menos bonitos”, que se podiam trocar por uma lata de coca-cola, eram naperons. Para o naperon, o texto de justificação era: "Portugal foi educado na humildade. Na modéstia. O prazer era pecado, um gosto pecado era. E para que nele não se caísse, gerações e mais gerações rendilharam e rendilharam, até que milhares e milhões de naperons brotaram. Naperons que cobriram de alva brancura o móvel que embelezava a sala - pecando - e o receptor de televisão que animava a família - pecando. Mas porque sem pecadores não há santos, chega a hora de demonizar o naperon. Por Portugal!"

Ao contrário do que cá acontece, Dorotéia conseguiu fazer peças de naperon bem giras e modernas. Como moro em Portugal, teria que se gastar dinheiro para fazer o presente chegar cá, daí eu sugerir que oferecesse a alguém que participou que tivesse inventado um nome bem giro e original, até porque eu me limitei a dizer o nome que já existia. Não sei se partilha da mesma opinião que eu. Depois me diga o que acha.

Beijos,
Vera

***

Vera, por conta do frete para além mar, realmente ia ficar complicado! Então fica vencedora pela criatividade a Rose Herrera que batizou de cirandinha! (Mais gente sugeriu cirandas, mas o comentário da Rose veio primeiro.) Parabéns, Rose!

E esse negócio de achar os naperons menos bonitos é que é demodê, né? Já apareceram por aqui tantas ideias incríveis e lindas para se aplicar os paninhos de crochê! E prometo mostrar mais outras logo.

Comentar

CORAÇÃO DE PAPEL

Tags:

Como diria seu Françuel, a Bahia inteira e mais uma banda de Sergipe já sabem que ando com certa fixação em coração. Anatômico ou não.
Esses nos quadrinhos aqui de cima são de uma lojinha no Etsy, via MadeByGirl. Simplezinhos de fazer, né? ;-)

Comentar

ESTÚDIO DA CORAL

Tags: +

O passarinho foi um presente da Coral pra divulgar o twitter de sua nova ferramenta (que veio junto, num cd), o @estudiodacoral. Mas o Merlin já se apropriou.

O Estúdio de Ambientes Personalizados é uma ferramenta que permite testar as cores da Coral usando fotos de sua própria casa. Nada que o Photoshop não faça. Mas é grátis e já te dá o código da tinta, o que o Photoshop não faz.

Eu preferia que a ferramenta fosse disponibilizada online. Não é, porque numa primeira etapa, a Coral optou por fazer a distribuição dos CDs aos pontos de venda, onde implementou ambientes equipados com computadores. Nas lojas, as pessoas contam com profissionais que fazem a combinação de cores com auxílio da ferramenta. Bom pra quem não tem costume de usar Photoshop e congêneres.

Comentar

CERÂMICA FAKE

Tags: +

Eu tenho pânico de coisa que fica parecendo trabalhinho de colégio. E como disse a KK no nosso almoço no sábado, nem toda boa ideia gera um bom resultado. É preciso filtrar, baby, é preciso filtrar. E nesse caso aqui eu fiquei quase na dúvida. Então diga aí se você gosta.

Vidros + tinta relevo + tinta spray = vasos interessantes. Daqui.

Tweets.
* Dia dos professores passou, mas não quero deixar de dizer. Eu tava querendo largar a faculdade quase no fim. Aí um professor me disse: "Um diploma pode até significar uma vida, mas eita vida pobre." E aí eu saquei que podia até ser farmacêutica, mas não precisava ser isso. Victor Godoy, muito obrigada. (A filha dele fez um vídeo bacana sobre a presença francesa em Ouro Preto.)

Comentar

JOÃO URBAN

Tags: + + + +

Como são belas as casas dos camponeses do interior do Paraná, pelas lentes e visão do fotógrafo João Urban!
Mas nada mais 'eu-quero-copiar' do que esse chão estampado.
E se não tinham papel de parede, não se fizeram de rogados. Um estêncil resolveu o caso. Mas se uma coisa sobrou aqui foi a noção de cores, para uma paleta perfeita.
"Tudo o que o João fotografou, lá e cá, ele já conhecia. Por (...) viver no Paraná, por suas raízes polacas, também carregadas de memórias de coisas que ele nunca viu. Tudo tem fontes e antecedentes, e quase sempre a fotografia trabalha sobre memórias. Às vezes, muito raramente, alguma invenção acontece. Mas isso é pouco importante e, com freqüência, ilusório – só se encontra o que se procura." Luiz Carlos Felizardo sobre João Urban.

Comentar

TUDO JUNTO MISTURADO

Tags: + +

Não bastassem as cadeiras diferentes, essa toalha da mesa com estampa misturada, hummm, me like it. Via Selina Lake.

Sofá mezzo patchwork, mezzo coisas peludas. Grafismos e bichos. Me love it. Via Casper James.

A beleza misturada das casas do interior do Brasil? Chego a me emocionar. Foto de João Urban.

Comentar

RASTELO

Tags: +

O ancinho ou rastelo é um instrumento utilizado na agricultura e na jardinagem. Mas aqui serve só pra isso não. Serve pra pendurar as coisas. Ideia interessante e possível de se fazer em casa. Já que a maioria dos rastelos é vendida sem o cabo, é só levar pra soldar em uma plaquinha, em uma serralheria, e pintar com tinta spray. Ou inventar outra forma de se prender à parede. (Durepoxi e parafuso, por exemplo.)

Tem um de cor linda na Leroy Merlin. (Não sei o preço, mas costuma ser menos de R$15.)

Da loja francesa The Collection.

Comentar

MARCELO ROSENBAUM E J. BORGES

Tags: + + +

Marcelo Rosembaum acaba de lançar uma linha de móveis inspirada na feira de Caruaru e no trabalho de J.Borges. A coleção está à venda com exclusividade na Micasa. Gostei bastante dessa luminária especificamente, achei de muita coragem, com todos esses fios embolados que remetem mesmo à feira de Caruaru (e a um monte de feiras no Brasil). Eles fizeram um vídeo, ó:



Como meu bolso não orna com a Micasa, fico feliz por ter uma gravura original do J. Borges. Tá bom, não tá? (No chão da sala)
Comprei essa xilogravura por R$10 de uma senhora que promovia uma espécie de Garage Sale no Santa Teresa de Portas Abertas. Mas o Museu do Folclore, no Catete, no Rio de Janeiro tem xilogravuras interessantes à venda. Com preços interessantes também.

Comentar

DEGUSTAÇÃO - PASTEIS DE NATA

Tags: + + + +

Faz tempo que não vemos receitas por aqui, né? Mas não existe casa sem comidinhas, e a coluna degustação volta com uma receita adaptada, muito fácil de fazer. Os mais puristas vão dizer que não é pastel de nata. Cadê a nata? Mas vou te dizer, o nome não faz nenhuma diferença no sabor: delicioso!

Receita de marido, André Nogal. E combinaram muito bem com chá, café, puros...

Ingredientes:
- Massa folhada pronta.
- 4 gemas
- 1 caixinha de 200ml de creme de leite
- 5 colheres de sopa de açúcar
- Açúcar de confeiteiro para polvilhar

Preparo:
Corte círculos de massa folhada, e forre fundo e lateral de forminhas de empada.

Bata as gemas com as 5 colheres de açúcar até dobrar de volume. Adicione o creme de leite. Verta para uma panela e cozinhe em banho-maria até engrossar. Desligue o fogo e deixe amornar. Coloque uma porção dentro de cada forminha, que a encha, mas não demais.

Polvilhe açúcar de confeiteiro com ajuda de uma peneirinha. Asse até dourar.

Comentar

FAVORITOS - FLAVIA QUINTANILHA

Tags: + +

Flavia Quintanilha é carioca, arquiteta, e faz um trabalho bacana de verdade. A começar pela casa dela. Clean, muito interessante, linda, cheeeia de peças assinadas, mas sem afetação. Conjunção bem rara de se ver por aí.

Cada uma dessas peças parece ter brotado do lugar, tal é a adequação. As cadeiras Slick slick e a cadeira Ghost (transparente, na cabeceira), de Philippe Starck, tão ali na mesa. A fantástica Eames LCW fica - oh, sonho - no quarto.

Na parede da foto lá embaixo, o que parece galhos verdes, são módulos da Koziol, lembra?

E morra de inveja, esta tela, na sala de estar, é na verdade um graffiti que Flavia e o marido encontraram na vizinhança, parte de uma daquelas paredes temporárias de construção, um tapume.

Até a mesa e banquinhos, na frente do adesivo-lousa de galo, não poderiam ser quaisquer banquinhos. São Alvar Aalto.

Comentar

ARMÁRIO DE PRINCESA

Tags: + + +

Tô apaixonada com esse armário. Talvez eu seja apaixonada por armários desenhados, de modo mais abrangente. Ou por peças únicas, generalizando um pouco mais. Mas esse armário lembra Sans Parapluie, em versão P&B, e Anna James. É princesinha sem ser Disney. Porque Disney, a minha religião não permite. ;-) (Não sei mais de onde veio a foto.)

Comentar

PROMO DOROTÉIA

Tags: + + +

Quando a Júlia ofereceu um presente - esses descansos de copo - pra dar pra vocês, eu pensei: que doilies lindos! E aí fiquei com vergonha de mim mesma por falar assim, gratuitamente, uma palavra em inglês. Mesmo que tenha dito só pra mim mesma. Coisa mais antipática! Ainda mais de porta-copos tão simpáticos! Então pensei também: já sei! Daremos o presente pra quem achar a melhor solução pra traduzir doily. Em 1 palavra!

Ah, e faz uma visitinha pra nossa patrocinadora, faz? Quem sabe esta visita te dá ideias e sorte e você ganha dessa vez?

REGRAS: Só valem respostas postadas nos comentários. Não adianta enviar resposta por email. Só valem soluções para a palavra doily. Não vale descanso de copos. Para ajudar, leia um outro post. O resultado será anunciado em 21 de outubro.

P.S.: Se você comentou, e seu comentário não apareceu, não precisa comentar de novo. Aguarde a moderação.

Comentar

DOILY

Tags: + +

Doily é aquele círculo de crochê, tão comum em todo lugar. De um tempo pra cá, tenho visto novos usos pra esses trabalhinhos. (Se clicar na foto de baixo, ela cresce). A aplicação deles em colchas e cortinas tem um resultado lindo, romântico. Mais ideias na Country Living.


Mas não temos palavra específica em português. Ou eu não encontrei palavra única que descreva perfeitamente o círculo de crochê. No dicionário diz que é um pequeno guardanapo decorativo de papel usado debaixo de tortas e bolos. Mas, né? Queria em 1 palavra. E vou deixar esta tarefa pra você.

Comentar

ESCRIVANINHA

Tags: + +

Amei esta escrivaninha, fotografada por Magnus Anesund. Básica, útil, e fechada a bancada, quase neutra.
Até peguei uma foto em tamanho maior do detalhe. Vai que uma hora preciso de uma escrivaninha?

Agora, engraçado como no fim até meu gosto é previsível. Vi esta escrivaninha no Emmas Designblogg. E salvei mais do que depressa. Pra depois ver exatamente esta informação no Bloesem.

Ó: Tá rolando um concurso de design de mobiliário na Micasa. Mais detalhes? Siga por aqui.

Comentar

MÃE CORUJA

Tags: + +

A expressão mãe-coruja só existe na língua portuguesa, e é baseada na fábula de La Fontaine. Em muitas partes do mundo, corujas têm sido associadas com a morte. Uma das explicações é que, quando a luz não era elétrica, o que ficava aceso de noite eram apenas velas em velórios ou em igrejas. Luz atrai insetos, que por sua vez atraem corujas.

No entanto, as corujas também foram associadas com sabedoria e prosperidade, sendo freqüentemente animais de companhia para deusas. Na mitologia hindu, a coruja é considerada o veículo da Deusa Lakshmi (deusa da riqueza) e, assim, considera-se sortudo se uma coruja mora perto de uma casa. A deusa Atena era comumente representada acompanhada por uma coruja, que manteve-se como um símbolo ocidental da sabedoria. Este simbolismo é evidente no uso freqüente de uma coruja nos logotipos de instituições como universidades e bibliotecas.

E se depois desse papo, você ficou com vontade de ter sua própria coruja, segue uma porção delas, pra download, pra inspiração, e pra fazer você mesma! (A foto de cima, é do Selby.)

- Capinha de ovo, tutorial e molde aqui.
- Corujinha de crochê, receita aqui.
- Corujinha do evento Morar Mais por Menos
- Guirlanda de corujinhas, molde e tutorial aqui.
- Coruja no colo, tutorial aqui.


- Coruja olhuda daqui, download do molde com instruções aqui.
- Corujas na cadeira download aqui.
- Móbile com molde à venda para download.
- Coruja com filhote, tutorial com molde aqui.
- Ornamento daqui, molde aqui.

Comentar