Seguidores

Arquivo

MODA E DECORAÇÃO, TUDO A VER?

Tags:

Tendência. Tenho antipatia dessa palavra. Mas como evitá-la? Na verdade a tal “vontade natural irrefletida no subconsciente, que se transforma em um comportamento com ou sem a devida consciência do indivíduo” só é antipática quando vira chiclete, música repetida sem reflexão. Se refletirmos sobre ela, passa a ser rica de história e de contexto. Então ‘bora refletir comigo?

Acho que nunca vou me cansar de tijolinhos pintados de branco e pisos de madeira. Certos gostos vêm de uma época em que não se tem tantas influências externas, só o tacito quodam sensu*. Mas é fato que as novas tendências em design de interiores muitas vezes vêm da última semana de moda, e isto é muito natural ♫. Afinal a matéria prima base é a mesma: tecidos, cores e estilo.

A moda tem o casulo das estações, que a impõe no mínimo 4 metamorfoses por ano. Se isso passou a acontecer com a decoração, os motivos vão desde o aumento populacional** ao aumento da velocidade de troca de informações. O nude das passarelas de ontem se transformou nos tons naturais e terrosos das paredes e estofados das mostras de decoração deste ano (embora no caso das mostras de decoração seja apenas mais do mesmo).


Mas pensemos em algo menos óbvio que o bege, a estampa pied de poule (ou houndstooth). Foi só Alexander McQueen colocar o xadrez favorito de Eduard VIII na passarela, que a estampa clássica pegou fama de rebelde, e pronto! Invadiu a decoração. (Até pelas mãos dele mesmo, o falecido enfant terrible, que reinventou a cadeira Egg.) E se na decoração mais moderna, a grande tendência é colocar sua personalidade, e ter peças únicas, lembre-se que a onda de customização começou antes com as roupas. Mas desenvolvendo-se de sua própria maneira, na decoração vimos as estampas subirem pelas paredes na forma de adesivos, e papeis de parede, e por fim em pinturas exclusivíssimas.

Voltando um pouco mais pra trás, nos anos 90, tanto na moda quanto na decoração, o bacana era comprar tudo novo. Mas a nye bølge***, talvez influenciada pela recessão – mas aposto meus botões que veio pra ficar – é reciclar, dar novos usos e nova importância a uma peça. Mistura-se uma bolsa de brechó com uma jaqueta de grife, misturam-se cadeiras de antiquário a uma manta mesa do designer uau!. É o vintage, o ecológico, e o objeto emocional****, tudo na mesma cesta. O artesanato ficou cool, e o shabby chic se estabeleceu. Mas tudo muito misturado com objetos mais modernos. (Entendendo que moderno pode ser um objeto com estilo vindo direto dos anos 50. Pois ainda não houve período mais moderno que os anos 50.) Porque estilo único não é mais bacana, afinal vivemos um tempo barroco, de tudo-junto-misturado. Ninguém elegante se veste inteiro de uma mesma marca, e nenhuma sala incrível é toda de uma mesma loja.

Então, era o que eu tinha pra hoje: quer adivinhar a próxima tendência em decoração? Mire nas passarelas e nos lookbooks. A chance de acertar é bem grande.

♥♥♥

* A capacidade de julgar é uma espécie de sentido inconsciente (tacito quodam sensu) que todos os homens possuem. Mas que ao longo da vida vai agregando outros elementos, tais como identificação com um grupo ou pessoa, elementos de memória, e conhecimento formal adquirido.

** Quantas pessoas você conhece que estão construindo uma casa? E quantas que estão redecorando? A conta é muito simples: a população cresce, mas o planeta não. E se há poucos terrenos livres pra construção a opção é comprar construído e redecorar.

*** Já que se esgotou o inglês new wave e o francês nouvelle vague para outros tempos e estilos e modas, tasquei o dinamarquês para definir a “nova onda” dos nossos anos.

****Uma peça de família, algo que você goste, ou que te lembre alguma coisa boa ou importante. Ou uma coisa que você simplesmente a-ma.

Tava aqui matutando. Será que depois desse período barroquinho passaremos por um período neo-neo-clássico? (Matutei tanto que fiz até um gráfico pra começar a tentar entender.)

Comentar

CORTE E COSTURA

Tags:

Acho que informação só é interessante quando compartilhada. Informação que guardo só pra mim não é informação, é segredo. Então te conto uma coisa legal que descobri essa semana. Seguinte é este: coleguinha aqui do trabalho tava fazendo um bom curso de Autocad 3D, e eu perguntei onde e quanto. FAETEC e de graça. E daí que tem corte e costura, em vários níveis. E outros cursos também. Então se você mora no Rio (acho que essa instituição só tem no Rio), e tá precisando daquela forcinha pra estudar alguma coisa que goste, a palavra gratis tem uma força enorme. (Ah, e não confie muito no site não. Melhor ligar. Tem mais cursos nas unidades do que os que aparecem lá.)

*update*
Viviane, já que vc tocou nesse assunto, deixa eu te contar outra coisa. A FAETEC tem, em Quintino, um curso técnico de Produção de Moda. É pós-médio e todo semestre abrem inscrições pro concurso. O curso não é muito divulgado e acaba que muita gente boa deixa de estudar Moda pq não sabe desse curso de graça. É o unico curso de moda público aqui no Rio... Eu estudo lá e super recomendo! Beijão, Débora

Comentar

GUTO REQUENA - CASA COR SP '10

Tags: + +


Das 3 cabeças da Why Design saiu o ambiente mais bacana da Casa Cor SP/2010. Já que eles me autorizaram a mostrar no d♥, ‘bora admirar essa cozinha cheia de referências interessantes e cores que a gente gosta? Olha só o aparador do Maurício Arruda funcionando bem de rack (no detalhe à esquerda). E essa coleção de batedores de ovos?

A parede de pratos é tudo e mais alguma coisa. Entre tantas opções de disposição de pratos, eles escolheram a mais cartesiana, e ficou incrível! E aquele tambor azul ali é uma espécie de tanque, com uma torneira logo acima.

Projeto Whydesign: Guto Requena + Maurício Arruda + Tatiana Sakurai
Fotos: Fran Parente
Ambiente: cozinha funcional - Bgourmet da Casa Cor São Paulo 2010

Comentar

UM CAFÉ

Tags: +

Faz de conta que você veio tomar um café comigo. Pode pendurar sua bolsa aí no gancho.

Peraí que tenho que tirar os gatos da mesa, pra colocar a toalha e servir o café. Desce Mel, desce Merlin. Tem visita em casa!

Pronto, desceram. Ah, a planta? É ora pro nobis. Fica aqui abençoando a gente, mas também é uma delícia ensopadinho. Tá assim magrinho porque virou almoço uns dois domingos atrás. Mas daqui uns 6 domingos, já dá almoço de novo. O inverno tem amarelado a vista da janela, mas não o ora pro nobis.

O banheiro fica ali à esquerda. Logo depois da parede cheia de lembranças de viagem. A xilogravura é de J. Borges. O Merlin é da Fernanda Fonseca.

A "sujeirinha" em cima da moldura amarela é uma bonequinha. Tem outra pelas paredes da casa. E quando calha, tiro daí e uso no casaco, como broche.

Ah! A porta azul é o banheiro. A estrela veio de férias da Bahia, de uma época em que eu era total rata de praia a ponto de ser morena. Acredite! O peixe foi presente de uma amiga. E as bolinhas de vidro eu trouxe de Murano.

Vou servir também um chá, no conjunto que ganhei da Ester, e que quando não tá no uso, enfeita a minha cristaleira. Sentiu o cheirinho? É o café que já tá saindo.

Comentar

RESULTADO ELITIZE - ADESIVOS DE PAREDE

Tags:

E o adesivo de gatinho da Elitize vai para... Dona Fal Azevedo. A nossa Fal! Juro que não foi marmelada. Fiquei surpresa e felizona!

E quem vai poder colocar o passarinho pra gorjear em casa... é a Helena Garcia! Parabéns pras duas! E ó, mandem o endereço pra mim, tá?

Comentar

TUDO VIRA TUDO

Tags:

A filosofia do "tudo vira vaso" anda se espalhando pra outras coisas. O mais recente é a luminária. Tudo vira luminária. Luminárias de tecido resinado do incrível Gaetano Pesce, que há pouco deu as caras no Brasil.

Comentar

1001 UTILIDADES DO GIZ

Tags: +

Vai me dizer que com a moda toda você tem um quadro de giz em casa? E aí tem aquela caixa de giz e tals... Então vamos explorar outros usos pra ele, além de escrever sua lista de compras?

Para retirar manchas de gordura. Esfregue um pedaço de giz branco na mancha e deixe absorver a gordura por alguns minutos. Em seguida, retire o excesso de pó de giz e lave como de costume. O giz absorve os óleos, tornando a mancha mais fácil de sair.

Para absorver a umidade. A umidade pode causar manchas e escurecer os objetos de prata. Para retardar o processo, enrole pedacinhos de giz num paninho, amarre-o (ou coloque num saquinho fino de tecido) e armazene com sua prata. Esse mesmo método funciona pra manter sua caixa de ferramentas livre de ferrugem. (Porque sim, você tem uma caixa de ferramentas, né?)

Antimofo. Idem anterior. O giz vai absorver o excesso de umidade do ar - a mesma umidade que causaria o mofo.

Repelente de formigas. Formigas não cruzam uma linha de giz. Por quê? Dizem que as formigas têm gastura no pés, he he. Brincadeirinha. Formigas são avessas ao carbonato de cálcio no giz. ;-)

Fonte: DIY Life.

Comentar

MATEMÁTICA DAS ESCOLHAS

Tags: +

Ontem acordei cedo e fiz minha oração. Que eu nunca perca a capacidade de me abismar. E mesmo sob o cansaço da asma, me sentei pra trabalhar. E então lembrei de um assunto que queria tratar há tempos.
A matemática e os gráficos me ajudam muito. A escolher trabalho, a resolver questões pessoais, e até a convencer marido a devolver algo pro lugar de onde tirou. Às vezes a conta é bem simples. Se você trabalha 40 horas por semana, passa pelo menos 35% do seu tempo acordado trabalhando. Se o trabalho não te agrada, é o mesmo que dizer que você passa pelo menos 35% do seu tempo não muito feliz. E os outros 65% se lamuriando por conta de um trabalho que te esgota.

Só que a busca pelo que a gente gosta pode ser mais demorada que os 17, 18 anos que nos dão até o momento da decisão, até o vestibular.

Eu me formei em Farmácia, profissão que tem tanto a ver comigo quanto um batom tem a ver com um tatu. Mas por que não fiz outra coisa? Porque não abandonei o curso pra fazer algo que tinha mais a ver? Resposta simples: aos 17 anos eu não fazia idéia do que queria fazer. Nem aos 20. Nem aos 25. Eu demorei 30 anos pra encontrar algo que eu gostasse e que pudesse ser transformado em profissão. Mas quando encontrei, uau! E porque decorar é algo que eu gosto de fazer, e pelo qual posso ser paga, voltei a estudar, pra aprender a fazer melhor. E conto isso porque acho que devo a vocês a paixão pela decoração.

E qual é a minha dica pra encontrar o que você gosta de fazer? Faça de conta que é um detetive: sua missão é documentar e observar o mundo ao seu redor, como se você nunca tivesse visto antes. Tome notas. O que você mais gosta de ver? E de saber? Documente achados. Perceba padrões. Copie. Trace. Foque em uma coisa de cada vez. Cometa erros de avaliação. Aprenda com os erros. E perceba, no final, que a sua escolha é mais natural do que você pode imaginar.

Ah, e uma vez feita a escolha, bora estudar, que conhecimento não cai do céu, e o que diferencia um hobby de uma profissão é o comprometimento, o profissionalismo, e o domínio da técnica. Isso junto é que vale dinheiro. Porque você quer ser feliz, mas quer também ser capaz de pagar suas contas, né não? #fikdik

Comentar

FESTIVALMA - 2010

Tags:



Mostras de decoração dão sempre uma refrescada em nossas referências. Adouro, vou em todas que posso e gostaria de poder em todas mesmo. E a mostra Casa de Praia está inserida em um festival inteiro, cheio de outras atrações, como o III Salão Internacional do Surf, a VII Mostra Nixon da Arte e Cultura Surf, o VI Festival Osklen de Cinema e o V Festival Billabong de Música. Ufa! É o FestivAlma 2010.


A proposta da Casa de Praia é trazer ao público as principais tendências em arquitetura, arte, design, decoração e paisagismo, ao mesmo tempo que propõe transformar a Bienal em uma grande casa de praia à beira-mar. O tema “Surf é alegria” harmoniza o evento com exposição de raras obras de arte e fotografias, música, instalações e filmes, e ainda homenageiam Oscar Niemeyer. Tudo junto e misturado e cheio de gente bonita. Não deu vontade?



Data: de 1 a 3 de julho, das 14h às 23h
Local: Pavilhão da Bienal, Parque do Ibirapuera
+info: www.festivalma.com.br / www.almasurf.com
 Ah, e o twitter: @festivalma

Comentar

CHÃO COLORIDO

Tags: + +


Se pouquim tempo atrás eu usei este mesmo palanque para desejar um chão branco, pode saber que sou volúvel: agora tô querendo colorido.


Mas veja bem como é bonito o chão azul, e esse outro preto. Agora para um pouquinho, desfie um pouco a memória, e lembre-se bem daqueles chãos vermelhos e amarelões das casas antigas do interior. Não dá uma nostalgia? E o bom é que nem precisa dizer que é nostalgia. Ouça bem, comadre e compadre: o antigo é o novo novo. E tem andado vestido de moderno, quase até meio hipster, mas muito mesmo contemporâneo. (Chão azul via Casa Claudia. Preto via Elle Interior.)

Comentar

A ARTE E A FRAGILIDADE

Tags:

Eu preciso falar disso. Do quanto tenho me sentido frágil, e do quanto tenho remexido em opiniões antes arraigadas. (Nem sempre as coloco em outro lugar, mas que bolino, bolino.)

A fragilidade é por conta de uma condição que me persegue desde a chuva, que culminou, noite passada, em duas injeções de adrenalina pra que o ar parasse de me faltar. As opiniões também fragilizadas eu não sei bem o porquê.

Repito sempre que considero arte o que 1) me provoca prazer e/ou 2) exercita minha imaginação e/ou 3) alarga o meu entendimento, já levando em consideração o caráter investimento da arte.

E oi? O que têm esses assuntos a ver? É que ainda há pouco eu não considerava o trabalho dessa moça arte que valesse a pena, achava apelativo. Mas hoje, ao vê-lo mais uma vez eu me lembrei de mim, de minha fragilidade, de uma frase sobre a eternidade que ouço sempre, e o espírito de deus pairou por sobre as águas. As opiniões se remexeram. E não que me deleite ou agrade, não que eu deseje colocar em minha parede. Mas é Arte.

(E isso acontece em um momento em que estou tentando construir um projeto de mestrado. Primeiros passos, nem achei - ou procurei - um orientador. Mas que é sobre a arquitetura da felicidade, e mais ainda sobre a beleza doada e que traz felicidade, o hedonismo solidário. A beleza das florinhas na janela, do perfume de roupa passada no lençol, dos pequenos cuidados do dia a dia. E logo agora aprendo que nem tudo que eu gosto é beleza.)

Comentar

SORTEIO ELITIZE - ADESIVOS DE PAREDE

Tags:

A Elitize é uma loja de adesivos online com muuuuuuuitas opções. E o melhor: entrega grátis para todo o Brasil. E se você - cof cof, como eu - tá precisando dar um tapa no visual da casa, olha a chance aqui! A Elitize vai dar dois adesivos muito bacanas para os leitores do d. E vamos combinar: esse sorteio é pra todos os gostos. Pra quem gosta de gatos, olha só o mimo:


E pra quem é mais dado a floreios, ora ora, vejam só: duas cadeiras e o adesivo, e você tem um ambiente lindo!

Pra ganhar, basta dizer "eu quero" nos comentários. Ah, e diga qual você prefere. Se passarinho, se gatinhos. E como você é SEMPRE muito bacana, vai também fazer uma visitinha, pra conhecer a Elitize, não vai?

REGULAMENTO: São elegíveis ao prêmio todos os leitores, residentes no Brasil, que comentarem neste post. Apenas 1 comentário será computado por pessoa. + 1 comentário será permitido por link no Twitter (use este link http://bit.ly/cYjluS) e/ou blog, desde que informado nos comentários deste post. Portanto cada pessoa pode concorrer até 3 vezes. O sorteio será realizado em 24 de junho de 2010.

Comentar

DO AMOR

Tags: +


Feliz dia dos namorados.

(A frase é do Guimarães Rosa. Mas eu repito, tal qual uma oração, todos os dias.)

Comentar

1 SALA, VÁRIOS ESTILOS

Tags:

Achei muito bacana essa matéria da Minha Casa. A mesma sala, os mesmos móveis, só mudam os acessórios. E parece outra sala. Me relembra como os detalhes são importantes. Como uma mudança aqui outra ali fazem diferença.

E diante dessa sala fiz a promessa de apertar meus compromissos do fim de semana para melhorar um pouco minha combalida sala, que tá ali com as estantes no chão e os livros em caixas.

Comentar

GUIRLANDA DE CORAÇÕES

Tags: + + +


Que eu sou doidinha por corações - anatômicos ou não - a Bahia inteira e mais uma banda de Sergipe já sabem, né não? Então fui bem cara de pau e pedi: "Ana, posso reblogar?" E ela deixou! \o/

Olha só (clique na imagem que ela cresce):


- Cortei uma tira dupla de um tecido fino, na largura do corte (1,40m). Para evitar que o tecido desfiasse e para facilitar o corte, passei cola diluída em um pouco de água. Usei um pincel largo, sobre a placa de corte, que é lavável. E liberei minha criancinha interior que ama trabalhinhos da terceira série (a lambança foi boa!). 
- Deixei secar a tira melequenta pendurada pra não encostar em nada.
- Depois de bem seco, é hora de dobrar o tecido e desenhar o coraçãozinho (ou outro desenho simples qualquer). Achei que, por ter usado o tecido dobrado, a tira ficou grossa, o que dificultou na hora de dobrar e recortar. Então, fiz o corte por partes.
- Depois, acertei as rebarbas e pedacinhos tortos com o fio de bandeirolas já aberto:
- Para pendurá-las, fiz um furo e coloquei um ilhós de cada lado:
- Pendurei as bandeirolas amorosas na minha janela, pra dar um clima love is in the air até o dia dos namorados, mas acho que ficaria bem legal num cenário doméstico, como uma café da manhã romântico. Que tal? Em tempo, quem for reproduzir, me manda o link ou mostra a foto?


Cê vai mostrar a foto, não vai?

Comentar

COPA DO MUNDO

Tags: +

Daí que hoje a Clara me lembrou que a Copa do Mundo de futebol começa na semana que vem. Porque nesse batidão não me dei conta. E eu não fiz nada, não programei nada. E cheguei em casa e olhei pra copa. A minha. E pensei: "tá bom, não vai ser muito difícil." Porque eu não sou nenhuma espécie de Policarpo. Só gosto de azul e de amarelo e de cores contrastantes. Mas já que calhou, bora aproveitar o mote.

Comentar

FEIRA DO LAVRADIO

Tags: +

Não sei o que aconteceu. Mas eu adorava a feira da Rua do Lavradio. Não gosto mais. Tudo muito caro, invasão de artesanato do tipo ruim. Ou eu cansei mesmo. Mas nesse último sábado resolvi dar uma outra chance, e não mudei minha opinião: a feira do Lavradio ficou ruim. Nem tem mais muita antiguidade. Mas como não resisto a um pé palito, comprei mais uma estante. Deixa só eu entrar de férias, que ela vai mudar de cara. (Capa de banquinho feita pela Janaína Uchôa.)

Comentar

QUARTO DOS PIRRAS

Tags: + + +

Meu ap é tamanho micro. E o quarto das crianças anda meio depósito. Sem contar que, pelo tamanho, não admite muitas posições diferentes para as camas. Dito isto, estou bem pensando em trocá-las por uma cama sofazão assim. Ganho espaço e conforto. Foto, Per Ranung.

Comentar

PINTURA EM CERÂMICA

Tags: + + + +

Este não é um post de passo-a-passo: é sobre possibilidades. Eu não sei desenhar, não irriguei minha veia artística a este ponto, e essa é uma 'obra em progresso', mas né? Saber dessa possibilidade pode te inspirar a fazer melhor que eu.

Seguinte: comprei na Casa Cruz (uma papelaria enorme aqui no Rio) canetas de escrever em cerâmica. Não são muito baratas, R$7/cada. Mas o processo é simples: desenhe, se não gostou do resultado, lave a peça que a tinta sai.

Se gostou, leve ao forno por 90min a 160º (o forno do fogão mesmo), que não sai mais.

Fiz num prato de R$1,99, e ainda não gosteeei. Mas uma hora chego num desenho menos homem-palito. :-D Agora, já pensou essas armas nas suas mãos? Resultado bem melhor, né?

Comentar

BOLINHOS DE AMOR

Tags:

Procurando presentinho feito com carinho pro dia dos namorados? Ouve só a Telinha:

Os meus cupcakes são feitos com uma receita de família, são macios e fofinhos. Eles vêm nos sabores de baunilha ou chocolate, com recheio de brigadeiro, doce de leite ou damasco picadinho. O pedido mínimo são 10 cupcakes, a R$ 3 a unidade.. A forma de pagamento é depósito em conta corrente no banco Itaú, a ser efetuado no mínimo 5 dias úteis antes da data da entrega da encomenda. Entrego para todo o Brasil através do Sedex e Sedex 10 - para isso basta mandar o CEP e o número de bolinhos que deseja comprar, e eu calculo no site dos Correios.

E se quiser bolinho verde&amarelo&coração pra comemorar o dia dos namorados junto com o início da Copa, também tem! Mais no Blog dos Bolinhos.

Mas se você for habilidosa, pode bem fazer a receita que a Paula ensinou aqui no d. Não é tempo de cerejas, mas dá pra substituir a cereja por outra fruta!

Comentar

ESTANTE ARRUMADA

Tags: + + + +

Vendo estas imagens da LivingEtc me deu uma tristeza. Porque a minha não fica assim. Há tempos estou insatisfeita, mas sacumé? Não dá pra fazer tudo.

Até conseguir embelezar a minha estante assim, fico aqui, comendo com os olhos, lambendo com a testa.

P.S.: Por falar em não dá pra fazer tudo, fiz uma reforma estrutural na página do d♥. E como toda reforma exige tempo pra que tudo esteja em ordem, os comentários capuft! Pretendo corrigir correndo.

Comentar