Seguidores

Arquivo

AP NO RIO

"Moramos em Brasília (eu, minha esposa e três filhos) e este ano realizamos nosso sonho de ter um apartamento no Rio. Acompanho seu blog regularmente e, em retribuição pelo “serviço de utilidade pública” que desenvolve, gostaria de compartilhar contigo todo o processo de montagem de nosso refúgio. Como não dispúnhamos de muitos recursos, quase nenhum, optamos por pouca intervenção nos ambientes.

No quarto do casal, as inspirações foram marinhas, grafismo e Athos Bulcão. Adeptos do FVM, somos responsáveis pelas cortinas (minha esposa é a economista que mais entende da máquina... de costura), pela pintura da cabeceira e pela montagem dos quadros com azulejos do Athos. Os demais itens do ambiente foram selecionados com base no custo benefício e na sola do sapato, haja perna. Com isso, o custo final da montagem do ambiente ficou inferior a R$ 1,5 mil, considerados cama, colchão, criado, cadeira, escrivaninha, cortina, luminária, quadros, cabide e roupa de cama.
O quarto das meninas mantém a linha FVM. Colchas, almofadas, quadros e detalhes da parede foram produzidos em casa, a cortina escapou porque foi adquirida a bom preço na Leroy. A inspiração das cores das colchas e almofadas vieram delas. Os quadros acima da beliche (Alice e Dorothy) são quebra-cabeças que colocamos em molduras compradas prontas.
A cozinha é um mix de bistrô com lanchonete americana. O espaço não permitia muita coisa. isolamos a porta de serviço, com uma estante de aço que serve de apoio à bancada, e a transformamos em quadro negro. A outra porta da cozinha foi retirada para dar mais espaço.
O banheiro passou pela maior transformação, era marrom, cor de m*, trocamos por branco total, algo meio provençal.
A sala é uma mistureba. A ideia original era uma homenagem ao Rio, bem evidente no canto próximo à janela: colcha calçadão de Copacabana; almofadas de cangas (ambos FVM by esposa), fotos do Rio antigo e quadros com inspiração no desfile de escolas de samba...
Custo baixíssimo, a cama foi encontrada jogada na garagem do prédio, um morador havia doado ao porteiro que não quis levá-la para casa. Arrematei por R$ 50,00. Os demais itens não passam de R$ 400,00.
No lado do sofá-cama (Etna), o destaque é a “tela” com a Carmem Miranda. Estava garimpando algo no shopping de antiguidades da Siqueira Campos quando a vi pendurada na fachada de uma loja. Perguntei se a imagem era algum tipo de letreiro ou se estava à venda. Adquiri por R$ 150,00. Acredito que seja parte de alguma alegoria de escola de samba, é pintado diretamente no Eucatex.

É a versão 1.0 de nosso recanto no Rio. O resultado final ficou bem a nossa cara. Se já amávamos a cidade, agora temos inúmeras razões para voltar sempre ao Rio." Hebert e Nucilene

♥ Eu sou do tipo que chora em propaganda de cartão de crédito, e uma homenagem assim ao Rio, me deixa emocionada. Essa cidade, que eu escolhi pra viver, tem muitas mazelas, mas tal qual um(a) belo(a) homem(mulher) complicado(a) e complexo(a), é apaixonante. Não é Hebert e Nucilene?