Seguidores

Arquivo

DECORAÇÃO EM ESTILO RÚSTICO


Recebi um email simples assim: Vivi, defina “rústico” na decoração?

Um tempo atrás uma moça foi na minha casa e teceu o seguinte comentário: “Decoração diferente, né? Rústica.” Putz, minha mesa de centro com pé palito quase teve um infarto. E vira e mexe vejo este adjetivo ser empregado de forma inadequada. O que me leva a pensar que, provavelmente, um dos termos mais incompreendidos em decoração é "rústico". Então vamos lá, porque quando o Google falha, a gente aqui peleja pra responder.

rús.ti.co
1. rural.
2. camponês.
3. grosseiro.
4. feito sem muitos cuidados com os detalhes.

As definições acima são do wikcionário. E é isso aí. Uma peça pra ser rústica tem que ter textura, acabamento não delicado, acabamento ‘imperfeito’ (lembrando que essa imperfeição pode ter sido cuidadosamente calculada), formas mais naturais. Pra ser rústico é preciso enxergar o material base, os veios, a fibra. Ou deve remeter ao campo, e à vida colonial, como aquelas mesas feitas com rodas de carro de boi, peneiras de palha, panelas de ferro e de pedra, cestos, gamelas, cuias, etc.

As casas de fazenda são, de modo geral, rústicas. As vigas aparentes, com marcas do tempo, também. Paredes irregulares idem.


O estilo rústico costuma ser despretensioso, e é comum vir acompanhado de artesanato. Uma colcha de patchwork não é exatamente um objeto rústico, mas costuma compor um ambiente rústico.


Incorporar algumas peças rústicas na decoração costuma agregar memória. Mas ter uma peça ou outra nesse estilo, não significa que sua decoração é rústica. E só pra lembrar: a terminologia não é realmente importante, o resultado, uma casa confortável de se ver e viver, é que deve ser o objetivo final.

Ah, e rústico tem que ter cara de antigo? Não! Jens Fager, um designer sueco, faz umas peças incríveis, ultramodernas, com cores fortes e rústicas. Olha só:

Agora veja bem os ambientes abaixo e me responda: são ambientes rústicos?


Não. O fato do ambiente de cima ter uma mesa rústica não faz com que o ambiente inteiro seja rústico. Estes ambientes são Shabby Chic. Ou Provence. Mas rústicos, não.

Fotos de Jordi Canosa e Marie Claire Maison. E desculpe-me por repetir tanto a palavra "rústico". Foi intencional. Rústico é quase uma aliteração. Raspa na garganta e nos ouvidos e facilita o entendimento do conceito.