Top Ad unit 728 × 90

Tutoriais:

TUTORIAL

MINHA AVÓ, TECIDOS E A CHINA


A minha avó mora numa casa grande. No segundo andar da casa são cinco quartos. Um é o meu, com duas camas, um guarda-roupa e vista pro pé de seriguela. Nesse guarda-roupa não tem espaço pra minhas roupas não. Sabe por quê? Porque todas as suas portas e gavetas são repletos de revistas japonesas e espanholas de bordados e costuras. E tecidos. Muitos tecidos.

Nunca entendi aquele afã que a minha avó tem de comprar tecidos. Até que, bem, até que comprei minha máquina de costura. Fiz muita coisa não, mas tecido bonitinho não posso ver!


Depois que fiz o banquinho de patchwork e o Zé – o ursinho da foto, com molde que ganhei da Laély, tô me achando. Agora cismei que vou fazer uma colcha de patchwork. Nunca fiz, não sei fazer, mas vou fazer. Quanto tempo vou demorar? Não faço a menor idéia.

Por conta disso, fui ao Pólo Têxtil, no Rio, comprar tecidos. E agora começa o outro lado dessa história.

Eu gosto mesmo é de algodão. Tecido sintético é comigo não. Então eu adorava a loja própria da Companhia Manufatora de Tecidos de Algodão, uma indústria de Cataguases, MG. A Manufatora fechou. Não a lojinha no Rio. A indústria em Cataguases. (Só manteve aberta a subsidiária que produz algodão Apolo.) Três mil pessoas na rua, sem emprego.

Então, eu te peço, próxima vez que for comprar uma roupa made in china, pensa duas vezes. Porque roupa feita lá é com tecido de lá. O povo chinês é, de modo beeem geral, mal pago, e a indústria tá nem aí pra questão ambiental. E comprando uma roupa chinesa é a indústria chinesa que se fomenta. E a brasileira, né?, fecha.

A loja reabriu, com produtos de outra indústria, também de Cataguases, a Companhia Industrial Cataguases. E ó, vai lá na loja que tem tecido pra patchwork a quilo, em retalhos pequenos. E se for lá, procura o Alexandre que ele tem maior paciência com a gente.

Pólo Têxtil

R. Aristides Lobo, 80 / Av. Paulo de Frontin, 333
Loja 121 - Rio Comprido
Rio de Janeiro
Tel.: 3259-7795

Outra idéia pra se fazer com retalhos de tecido, via Bella Dia:


MINHA AVÓ, TECIDOS E A CHINA Reviewed by Vivianne Pontes on . A minha avó mora numa casa grande. No segundo andar da casa são cinco quartos. Um é o meu, com du... Rating: 5

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *