Top Ad unit 728 × 90

Tutoriais:

TUTORIAL

Como conservar o brócolis e a couve-flor por mais tempo, aproveitar os talos, e ainda uma receita de arroz low-carb

Por que jogamos o talo do brócolis, e da couve-flor fora? Nunca entendi esse desperdício. Daí outro dia, voltando da feira com um brócolis E uma couve-flor, a chance de perder um era grande, e fui pesquisar maneiras de conservar os dois. No meio do caminho, além de usar as maravilhas do congelamento individual (lembra aquele post que ensina?), ainda descobri um uso incrível para os talos de brócolis e de couve-flor: o arroz low-carb, que pode ser usado pra fazer arroz, omelete, quibe, e isso só pra ficar no que fiz até agora.


Pra começar, tire os talos dos brócolis e da couve-flor e reserve.


Corte os brócolis e a couve-flor em pequenas arvorezinhas :-). Daí lave e cozinhe em água fervente por 2 minutos. Passe, em seguida, para um recipiente com água gelada. Esse procedimento, chamado branqueamento, vai deixar o brócolis verdinho e crocante. Escorra o brócolis e congele individualmente. (Como o pimentão, lembra?)


Depois, basta colocá-los em saquinhos com porções individuais. Com os talos e folhas, basta colocá-los no processador até ficarem quase do tamanho de arroz. Vá fazendo aos poucos. Transfira para um refratário, cubra com papel filme e faça furinhos. Leve ao microondas por 5 minutos, e tá pronto! Mas lembre-se: não adicione água.


Armazene em embalagens individuais. O meu deu esse tantão (essas embalagens tem +-20x12cm). Para fazer o arroz low-carb, basta temperar. :-) É, simples assim. Mas você também pode fazer misturando no arroz comum, que é o que eu faço, ou só com couve-flor pura, para substituir o arroz, pois é visualmente mais semelhante. Fica bem parecido. Olha esse exemplo. É bastante utilizado em dietas que evitam carboidratos, e para diabéticos também. Mas eu tô usando porque acho uma delícia ;-)


Essas dicas de conservação / processamento de vegetais são ótimas pra quem mora sozinho, e não consegue consumir 1 brócolis de uma vez, mas também são ótimas pra agilizar a vida no dia-a-dia. Com os vegetais já cozidos, fica mais fácil fazer outras receitas, como essa de massa, que marido ensinou a fazer no site dele.

♥ O About.com também tem um post sobre o "arroz" de couve-flor.
♥ O Pitadinha ensina a fazer o quibe de couve-flor.
Nesse blog gringo tem uma lista de doces! feitos com couve-flor. Acredite!
Como conservar o brócolis e a couve-flor por mais tempo, aproveitar os talos, e ainda uma receita de arroz low-carb Reviewed by Vivianne Pontes on . Por que jogamos o talo do brócolis, e da couve-flor fora? Nunca entendi esse desperdício. Daí outr... Rating: 5

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *