Seguidores

Arquivo

CASA DE PASSARINHO

Tags:

Porque hoje estou me sentindo engaiolada, e porque essa casa da artista plástica Geninne é muito bonita de se ver.

Comentar

NID DE PETITS

Tags: + +

Olhe, eu reclamo. Reclamo que não tá fácil, que é difícil encontrar coisa bacana pro quarto dos pirras, que ou é isso ou é isso mesmo. Mas então eu conheci o Nid de Petits, e foi paixão à primeira vista!
Nid de Petits é uma lojinha 100% brasileira, e o resumo da história é o seguinte: depois de um período em SP seguido de outro em San Francisco trabalhando como diretora de arte, a Nara Maitre voltou pro Rio em 2009 e se juntou a uma amiga que já trabalhava no mercado infantil, pra abrir o Nid de Petits.
Com estampas exclusivas, a Nid de Petits vende na loja online e no Studio no Rio. O Studio fica na Barra da Tijuca, tel: (21) 3518-2691
Lá também elas desenvolvem peças sob medida e personalizadas. Se os pais desejarem, por exemplo, podem mudar a paleta de cor dos tecidos das coleções ou até desenvolver uma estampa exclusiva. Tudo isso em tecidos 100% algodão, impressos com pigmentos a base de água.
E agora você já adivinhou, né? A Nid de Petits é o novo patrocinador do d♥! Não é ótimo? Não é lindo? Eu ♥ meus patrocinadores, porque são escolhidos a dedo!
E vamos combinar se estas estampas de robôzinhos, monstrinhos, borboletas e bolinhas não são tudo de bom? Vá lá na loja, e fique doida como eu!

Comentar

Quebra-cabeça na parede pode?

Tags: + +

Minha filha e eu montamos um quebra-cabeças de 5000 peças, dA Criação de Adão. Adoraria emoldurá-lo e colocá-lo na minha sala, mas já ouvi muitos comentários do tipo "isso não se usa". Não é legal mesmo? Fica muito esquisito? Me faço de rogada ou digo que a sala é minha, o quebra-cabeças é meu e eu ponho onde quero? Evonilda Andrade
♥♥♥
Tem coisa que a gente cisma, né? Não tem jeito. Como minhas frutinhas no espelho que ninguém gostou, mas que aquecem meu coração. A minha dica é: seja feliz! Coloque seu quebra-cabeças na moldura. Afinal, como diz vovó, “Mais vale um gosto que dinheiro no bolso”. E contra capricho, toda luta é vã.

Mas tenho algumas dicas:
Eu não colocaria vidro, mas colaria peça por peça numa base. A textura final pode ficar interessante e ser bacana de tocar.
♥ A sala é um ambiente formal. Pelo menos de maneira geral. Eu optaria por áreas mais informais, tipo o quarto da sua filha, o corredor pro banheiro...
♥ Idem pra moldura. Lembre-se que é um brinquedo, então nada de moldura com friso dourado. Eu escolheria uma moldura simples, de repente até colorida, de um tom que tenha na imagem.

Outro dia neste palanque contei que o Maxwell Salve-Salve Gillingham-Ryan, na 2ª edição do evento "A Felicidade Mora Aqui", da revista Casa&Jardim, disse ser uma boa espalhar surpresinhas alegres pela decoração. Taí uma opção.

Se meu autorama não tivesse sido doado em 1986, era bem hora de sair da caixa. Na parede ele fica lindo.


E aquele dominó velhinho que falta peça? Dominó + cola quente = moldura bonitinha.

Comentar

APLICAR PAPEL DE PAREDE SEM AJUDA PROFISSIONAL?

Tags: +

Outro dia uma revista me pediu referências de pessoas que tivessem aplicado papel de parede em casa, na base do faça-você-mesmo. Além da Ana, e de mim (foto acima), eu não conhecia ninguém. Mas perguntando no twitter, soube que o Ricardo e a Paulla também tinham feito eles mesmos, e fiz uma entrevistinha.
Quanto foi?
R$ 69,90 o rolo – comprado na Leroy Merlin – o papel faz parte da coleção Composé, da Muresco.

Quanto tempo demoraram pra aplicar?
Aproximadamente 4 horas, duas horas por noite, pois fizemos em duas vezes. Compramos primeiramente um só rolo, mas com os cortes errados e tal, faltou uma faixa inteira e tivemos que comprar o segundo rolo.

Foi fácil?
Nada fácil!! Sem o menor jeito para manusear sequer um embrulho de presente, tivemos dificuldades não só em cortar de maneira que os desenhos adamascados casassem, como para lidar com o papel já todo molhado com a cola, pois a cola é bastante liquida e ele escorrega, não parece que vai colar, pois ao mesmo tempo ela seca rápido demais e tem que colocar mais e mais, enfim, rolou cola até por cima (nas emendas), pois foram as mais difíceis de controlar...

Faria de novo ou contrataria um aplicador?
Sem duvidas contrataríamos um aplicador, pois sofremos para alcançar o resultado final!

Tem dicas?
Façam sempre durante o dia, de preferência sobre uma mesa, pois nós fizemos tudo no chão e isso dificultou ainda mais nossa falta de jeito em manusear.

O que você achou do resultado?
Depois de todo o sufoco, adoramos!! Certeza que colocamos pequenos defeitos aqui e ali, mas defeitos que só nós dois enxergamos, pois os amigos dizem estar super bom tudo!
♥♥♥
Eu acho o seguite: é super possível aplicar papel de parede na base do faça-você-mesmo. Mas é muito trabalhoso. Se você tem habilidade manual, e se gostaria de fazer, dou muita força! O d♥ tem várias dicas pra te ajudar. Mas não sendo este o caso, é bem melhor contratar um profissional.

Comentar

O ATELIÊ E A BORBOLETA

Tags: +


Faz tempo que visito o blog da Edilene. Seus posts costumam ter um estilo bem parecido com o Desire to Inspire, com imagens compiladas por tema. Mas ela veio com uma nova série de posts com fotos próprias, que uau!


Com mais 2 artesãos, o Marcus e o Neto, ela tem uma loja/ateliê em Uberlândia/MG, onde renovam peças antigas e criam coisas lindas com muito bom gosto.


Manuel de Barros queria renovar o homem com borboletas. Sem perder a poesia, ela renovou uma cômoda. (Que sai por R$800+transporte. Peças pequenas podem ser enviadas pelo correio, e na compras acima R$200 a encomenda PAC é gratis.)

Comentar

O QUE FAZER COM BANDEJAS DE ISOPOR?

Tags: + +

A comadre Carol descobriu duas excelentes maneiras de não mandar as bandejinhas de isopor direto pro lixo. Como eu só não sou eco-xiita por ( ) falta de tempo ( ) preguiça ( ) falta de talento, mas sou super entusiasta de pequenas soluções ecológicas, pedi pra ela pra contar proceis. Olha só:

"Fui comprar queijo no Mercado Central e o vendedor usou pedaços de bandejinha para cobrir as áreas expostas de uma fatia de brie. Como esse queijo endurece em contato com o ar, o isopor "cola" nele e protege o corte, mantendo a cremosidade. Fiz o teste com outros queijos moles e posso garantir que eles duram mais na geladeira.

O segundo uso é bem mais popular, digamos assim (a menos que você tenha uma fábria de brie, é claro). Ao montar um vaso para receber uma planta, faça a drenagem com cacos de isopor em vez de argila expandida. Eles deixam o vaso mais leve e não atraem nenhum tipo de praga."

Comentar

BASTIDORES FAÇA-VOCÊ-MESMA

Tags: + +

"Seus efeitos são muitos, sendo o principal a alegria de abrir seu blog, ver suas imagens e ler seus textos saborosos. Mas também resultam em fazeres concretos, que nem sempre registro pra você ver. Daí resolvi registrar esse, paninhos coloridos aplicados em bastidores. Penei pra achar de tamanhos diferentes, acabei achando e fiz esse conjuntinho. De quebra, meu gato oferecido pedindo carinho na barriga. Obrigada por tudo. Beijo." Mariana Paiva

(Tem hora que tenho receio de colocar depoimentos na íntegra no d♥. Porque fico pensando em qual é o limite do texto inspiracional que atinge a todo mundo, e a fronteira da auto-purpurina. Mas a Mariana não poderia ficar sem agradecimento público.)

Comentar

AZUKI DESIGN

Tags: +

Apresento o novo patrocinador do d♥: Azuki Design!
A Azuki Design é uma marca de produtos especiais e exclusivíssimos pra clientes exigentes. As peças são feitas manualmente e são personalizadas a seu gosto. Basta informar as cores, e uma das opções de tecido e até mesmo a ilustração desejada.

Vai viajar no fim do ano? Já viu como, não importa como seja a sua mala, sempre tem outras iguais na esteira? A Azuki Design tem tags luxo pra você personalizar sua mala.

Comentar

d♥ RESPONDE - DICAS PARA HOME STAGE

Tags:

Comprei uma bateria para o meu marido e reorganizei a sala. O espaço ficou tão bom que tive a ideia de montar um "home stage", que além de servir de palco também servirá de depósito pra algumas tranqueiras. Será que tem alguma dica e/ou ideia de onde buscar inspiração?! Morro de medo da minha sala ficar com cara de "barzinho"! Bia Rezende
♥♥♥
A sua idéia de home stage é bem interessante para o ambiente da sua sala. Pelas fotos que enviou, vi que temos um espaço ainda não aproveitado perto da janela. É interessante trabalhar esse canto, integrando-o melhor à parte de estar, trazendo conforto acústico e visual. A idéia é fazer dessa área a parte do Estúdio onde ficará a bateria eletrônica e o violão de sua filha.
Mesmo sendo um hobby da sua família, acho importante nos preocuparmos com o conforto acústico, melhorando assim a qualidade do som e evitando aquela sensação de barulho, além dos vizinhos agradecerem. Para isso o melhor é usar materiais que não reverberam (não “refletem” o som) e têm um percentual de absorção. Para setorizar melhor o ambiente utilizaria um tablado que de preferência deve ser de madeira, com iluminação indireta por baixo que pode ser com fita de led, que possui uma luz infinitamente melhor que a mangueira.

Caso não haja possibilidade de usar madeira, (pois a Bia mora no Qatar e disse ser bem difícil achar boa mão de obra por lá...) podemos usar algum piso laminado que visualmente fará um efeito parecido, porém não tem efeito acústico. Na parede de frente a idéia é fazer um painel de dry wall, afastado pelo menos 10cm da parede com uma iluminação indireta por trás. A idéia é trazer possibilidades de cenas de iluminação, e maior dinamismo a decoração.

Essa parede pode ser revestida com alguma cortiça em tom claro, já que temos uma parede em tom vermelho na parede oposta. Aproveitando que teremos espaço para passar a fiação colocaria ainda dois balizadores com iluminação para baixo, o que traz a possibilidade de uma iluminação bem baixa e aconchegante, para uma canção mais romântica e calma.


Fazendo uma ligação, e respeitando uma harmonia de materiais entre essa área e a sala de jantar, revestiria o pilar, que hoje é vermelho, em madeira. Assim seria possível aproveitar a espessura da madeira para colocar duas arandelas com iluminação de efeito.

Na estante entre esse pilar e a parede, colocaria caixas vermelhas para organizar a bagunça.

(Clique na imagem ao lado, para vê-la maior.)
Trocar as cadeiras brancas por pufes integraria mais os ambientes, além de possibilitar todos ficarem de frente para a área do Estúdio. Um nicho na lateral do sofá poderá abrigar mais caixas organizadoras. Os quadros atrás da TV estão meio perdidos, podemos movê-los para lateral da long chaise valorizando os mesmos, abrindo espaço para prateleiras acima da TV.

Ambientes contemporâneos e aconchegantes são marcas no trabalho de Leila Dionizios. Especialista em luminotécnica, o consumo inteligente de energia é prioridade em seu trabalho.

Hoje, Leila comanda uma equipe de arquitetos e decoradores no escritório que leva seu nome e tem em seu currículo mais de cinqüenta projetos no Brasil e no exterior (Chile e Angola).

Leila Dionizios - Av. Ayrton Senna 2150, Bloco E, sala 219, CasaShopping, Barra da Tijuca. Telefone: (21) 7860-8816

Comentar

NÃO PODE JARDINEIRA NA JANELA?

Tags:

Por dentro pode. Achei ótima a sugestão da revista Arquitetura&Construção (out/2010) para horta na janela. Muitos apartamentos têm essa janela na área de serviço, e os condomínios não permitem jardineira pra fora. Nesses casos, essa uma opção.

Comentar

MINHA d♥: RENATA SLUSSER

Tags: + + + +

"Minha pequena Laura estava para nascer e eu não sabia o que fazer de decoração no quartinho dela, odeio essas decorações básicas e piegas, aí decidi não fazer nada e deixar fluir...fluir...fluir...foi aí que descobri o d♥ e foi paixão a primeira vista! Tive várias inspirações, dentre elas, a que mais gostei foi o pôster do Keep Calm!"

"Esses animais em madeira e tecido são da Salete Maria, artista de Palhoça/SC. A produção é bem caseira e nem tem site. Ela também faz bancoS com esses mesmos animais. Ainda não tenho um, mas vou ter!

Outra inspiração veio das pranchetas encapadas, mas adaptei para enfeite de porta de maternidade, colei com SuperBonder uma sandália de couro bem rústica, comprada na feira do Centro de Convivência em Campinas/SP por R$10, e fiz o nome com arame. Pendurei cada letrinha com fio de nylon, deixando propositalmente a letra "R"invertida.

Ficam aqui meus parabéns e o meu mais sincero agradecimento. Estou de mudança e irei fazer horrores de coisas roubadas do teu blog na minha nova casinha, pode deixar!"
♥♥♥

Renata, tá tudo lindo! Afinal, de alguém que chama deliciosamente os filhos de “minhas delícias, minha dança de olhos fechados, minhas havaianas depois do salto, meu brigadeiro de colher, meu pedacinho do céu” eu não poderia esperar outra coisa. :-D

Comentar

CORES NEUTRAS

Tags: + + +

Nem só de cores marcantes vive o d♥. Hay ditadura, soy cuentra, inclusive se a ditadura for de cores. Então, já que falamos das cores vivas, que tal botar reparo nas neutras?
Preto, branco, prata, cinza, beges e marrons (e em algumas tonalidades, verdes-musgo) são tons neutros e se harmonizam bem com a maioria das cores. Mas haveria uma explicação?
A noite, a nuvem, a terra, o dia claro, o dia chuvoso, nossa pele, cabelos, dentes. Vemos estes elementos o tempo inteiro, e nos acostumamos a suas cores de tal modo que as chamamos de "cores naturais", por falta de um adjetivo melhor. (Como se uma rosa vermelha não tivesse uma "cor natural".) Mas a frequência que esses tons, ditos naturais, aparecem em nossa vida nos leva a enxergá-los como pano de fundo, sem destaque.
Uma base neutra faz com que detalhes de qualquer cor sejam realçados, e o resultado fica harmonioso, convidativo. Bases neutras + poucos detalhes coloridos são a forma mais fácil de não errar...
... e por isso são tão utilizados na decoração profissional. Digo isso sem julgar, porque, afinal, se uma base de cores neutras serve para unificar as paletas de cores diversas, funciona bem em ambientes pequenos e permite que se realce a beleza dos acessórios, por que não usá-la como primeira escolha?
Lembra do motivo 7 para decorar sua casa? ♥Para aprender a usar as cores em seu favor e induzir sensações.♥ Preto, marrons e beges são consideradas quentes. Enquanto branco, marfim, prata e cinza são cores um pouco mais frias. (Lembrando que estes atributos são relativos.) Cores neutras transmitem conforto em qualquer esquema de decoração. Quando combinadas com tecidos de algodão e pisos e mobiliário de madeira, a sensação de conforto é ainda maior.

Todas as fotos são do Emmas Designblog, que aliás, respeita quase sempre esta harmonia base neutra + elementos coloridos.

Comentar

VENTILADOR DE TETO

Tags: +

PERGUNTA: Eu tenho dúvidas sobre ventilador de teto: - pode ser instalado na sala de estar? - existe meio dele ficar bacana na decoração? O fato é que o verão está chegando. Nos dias de calorão senegalês, o ventilador de teto ajuda muitíssimo e não toma espaço no chão. Detalhe: tenho criança em casa. Mas eu não vejo como esse salvador pode ficar bonito e ainda iluminar bem. Me ajuda? Grande beijo e obrigada! Nara
♥♥♥
Nara,

Moro no Rio em um apartamento de frente pra floresta. No verão é quente, mas não o suficiente para ar condicionado, e eu tenho asma, o que quer dizer que ar condicionado não me faz bem. A minha resposta não é uma regra, te respondo a partir da minha escolha. O ventilador de teto pode sim ser instalado na sala de estar. Difícil ficar bacana.

Eu pensei o seguinte: o que é mais importante, forma ou função? E cheguei à conclusão que o mais importante é o uso. E uso bastante o ventilador no verão. E, embora me considere uma esteta, deixo a estética de lado quando ela complica a minha vida.
Então minha sugestão: um ventilador que, se não ajuda na decor, pelo menos não atrapalha. Escolha um modelo todo branco (ou da cor do seu teto, se este não for branco). Eu tenho um Spirit de 2 pás branco. É praticamente invisível.
E se você não precisa de luz, só de ventilador, o duplo sem lâmpada é bem bonito. (Com lâmpada acho feio). Mas é bem mais caro que os outros.
O designer Philippe Malouin criou a Dervish Lamp. É lindo, mas tenho cá minhas dúvidas se esse espanador funciona bem e não espalha poeira...

Comentar

TEORIA DAS CORES ♥ CÍRCULO CROMÁTICO

Tags: +

Cores complementares são as que estão opostas no disco das cores. Por exemplo, a cor complementar do azul é o laranja.

Cores complementares sempre funcionam bem juntas. Lembra de Amelie Poulain? O verde e vermelho funcionam tão bem por serem complementares.

Pra entender melhor como foi feito o estudo das cores complementares, experimente fazer um teste: durante alguns minutos, sob boa luz, olhe diretamente para uma cor, por exemplo o amarelo. Depois olhe para uma superfície branca e perceba que uma outra cor aparece: o violeta. Esta é a complementar ao amarelo. Este fenômeno acusa como é involuntário o desejo dos olhos de visualizar uma cor complementar àquela que está em maior quantidade num ambiente.

Lançando mão das chamadas harmonias, que são esquemas para combinar as cores, podemos criar ambientes interessantes e atrativos.
Na harmonia monocromática se utilizam vários tons da mesma cor, variando sua luminosidade e saturação. De acordo com a escolha dos tons e da sua aplicação nos objetos e superfícies do ambiente, esta harmonia pode ficar bastante elegante, mas há o perigo de parecer monótona, já que o contraste não existe. O preto e o branco podem entrar nesta combinação para realçar algum detalhe e compor o conjunto.
A harmonia análoga é aquela em que se combinam uma cor primária e as duas adjacentes à ela no círculo de cores. Uma das cores é utilizada como dominante no conjunto (o vermelho das paredes da foto acima), e as outras são aplicadas em detalhes. É uma harmonia mais rica que a monocromática, mas também não apresenta uma cor de contraste.
Já na harmonia complementar, busca-se o contraste com o uso de cores diametralmente opostas no círculo das cores. Uma combinação interessante é utilizar uma cor quente e uma fria não saturada, usando uma delas como dominante e a outra nos detalhes que se deseja destacar.
Usando três cores eqüidistantes no círculo das cores teremos uma combinação em harmonia triádica que apresenta grande contraste, mas ainda sim, equilíbrio. Novamente, usa-se uma cor como dominante e as outras duas para detalhes.
A harmonia complementar dividida é conseguida quando se utiliza uma cor em conjunto com as duas adjacentes à sua complementar no círculo das cores. Por exemplo, laranja, azul-violeta e azul-verde. Em relação à harmonia complementar, a dividida mantém o contraste, sem apresentar muita tensão visual.

Cíntia Essinger é Arquiteta e Urbanista graduada pela UFPel (Pelotas) em 2003, especialista em História do Brasil e Mestre em Memória Social e Patrimônio Cultural.

Trabalha com pesquisa sobre história da cidade e atua na área de Arquitetura de Interiores em Pelotas - RS.

Comentar

TEORIA DAS CORES ♥ COR QUENTE/FRIA

Tags: + + +

São tantas as maneiras de classificar e combinar as cores, que hoje a regra é clara: não há regra. Mas é sempre possível andar pelo caminho mais seguro. E o caminho mais seguro neste caso é conhecer um pouco da regra.
Podemos classificar as cores em quentes e frias. Vermelhos, amarelos e alaranjados são cores quentes e os verdes, azulados e violetas, cores frias. Psicologicamente as cores quentes nos proporcionariam sensação de acolhimento e as frias de frescor.
Os ambientes das duas fotos acima parecem ter temperatura diferente, né? Mas são do mesmo lugar, e têm temperatura igual.
À medida que acrescentarmos branco a uma cor, ela vai ficando mais clara, e a sensação de calor ou frio que ela proporcionava pode ser atenuada. (No exemplo - vermelho/branco - da foto, esta regra vale tanto pro ambiente todo quanto para a almofada rosa.)
As sensações que as cores nos provocam também podem ser alteradas por contraste. Por exemplo, numa harmonia de cores onde se usam vários tons de amarelo e um verde amarelado, este último parecerá uma cor fria neste ambiente. Se o mesmo verde for utilizado em uma decoração onde predominam os azuis, o verde amarelado parecerá quente.

Cíntia Essinger é Arquiteta e Urbanista graduada pela UFPel (Pelotas) em 2003, especialista em História do Brasil e Mestre em Memória Social e Patrimônio Cultural.

Trabalha com pesquisa sobre história da cidade e atua na área de Arquitetura de Interiores em Pelotas - RS.

* Quer saber mais sobre a teoria das cores e como combiná-las? Continua amanhã aqui no d♥ (que senão esse post ia ficar enooorme)!

Comentar