Seguidores

Arquivo

FAVORITOS - LILIANE MOTTA

Tags: + + +

"Te apresento a casa da minha melhor amiga, Liliane Motta da Silveira. Ela foi minha professora na faculdade. Foi quem me levou do jornalismo para publicidade. Faz direção de arte, produz, dirige... Mora em Santo Antonio de Lisboa, em Florianópolis.

As pessoas batiam na porta ou entravam casa a dentro pensando que era algo pra se visitar. Fui testemunha de algumas dessas invasões. Não tenho fotos da frente da casa, mas a última versão era roxa.

Tem um piso de banheiro feito com parafina e flores. Na opinião dela não deu certo, porque quando molha perde a cor. Tem outro banheiro transparente, para que ela possa ver tv enquanto toma banho, e um outro azul que tem uma penteadeira que tenho uma quase igual para um dia fazer a mesma coisa.

Os cacos sou testemunha do nascimento da idéia. Há anos, gravamos um comercial na casa de uma senhora da sociedade pelotense, cuja família era dona de uma loja importante na cidade. Vendiam louças, e ela tinha feito uma lareira e uma parede com os cacos. Liliane adorou aquilo e anos depois começou a dela. Não era pra ser tanto, mas pessoas passam e deixam cacos lá. Ela começou catando alguns que apareciam na areia da praia, vindos de navios.

Vive dando festas. Liguei esses tempos para lá e tinha uma festinha. Um convidado que ela não sabia quem era. Ia com o Seu Jorge. Era Damien Rice. É Isso Aí já visitou esse lugar. Lamentei muito não estar lá.

Tem sangue do Uruguay e uma veia totalmente almodovariana. Uma parede da sala ela pintou com a tinta da impressora porque tinha o tom que ela queria. Se inventa, faz na hora com o que tem na mão.

Na última vez em que estive lá ela estava recortando umas roupas estampadas. Perguntei para que e ela respondeu: estou fazendo uma parede. Se der bobeira recorta até a roupa da gente.

Estou louca de saudade dela. Não conseguimos nos encontrar esse ano. Achei que ias gostar de ver isso.

Esqueci de apresentar a dupla biruta de vira-latas adoráveis que ela tem: Risoleta e Rebuliço. Rebuliço foi batizado pela empregada ao dizer: “Esse cachorro é um rebuliço!” Estavam imundos e com a cabeça vermelha porque andavam brincando com um pote de cerâmica. Eu que desvendei o mistério do pelo rosado. No dia seguinte foram pra tosa e voltaram humilhados para a casa :)"

***
E essa foi a Cris Carriconde, que escreve do mesmo modo como fotografa: com o coração. Também achei que vocês iam gostar de ver. ;-)

Todas as fotos: Cris Carriconde. Mais fotos da casa da Liliane aqui.

Comentar

FAVORITOS - CLAUDIA ALVES

Tags: + + + + + +

A Claudia Alves mora em Lisboa, numa casa linda e cheia de vida. E de ideias interessantes. A geladeira tava mais-ou-menos? Plástico adesivo colorido nela!

Na decoração da casa dela tem almofadas gostosas, capa de sofá branca, toalhas floridas, paredes cheias, luzinhas de ano inteiro... tudo que a gente gosta!

E além disso, coragem. Porque pintar uma parede de cor forte, a gente sempre quer, mas na hora de comprar a tinta... Que a coragem dela nos inspire, porque ficou lindo, né?

E olha bem o que ela tem! E já que é pra inspirar, você pode ter também, porque no de(coeur)ação tem download grátis do poster Keep Calm and Carry on. É só ir na página do blog, ir no canto esquerdo, e baixar o seu. Tem vermelho. E tem roxo, da cor da parede da Claudia. É só escolher, imprimir e decorar!

Comentar

MANSARDA, ÁGUA-FURTADA OU SÓTÃO?

Tags: + +

Meu vício é Maigret. E por saber que desse vício só poderei me alimentar 75 vezes em toda a minha vida, me tornei frugal com ele. Mas cada exemplar de Simenon que devoro, deixa no fim um gosto de cerveja. Ou de calvados. O barulho das brasseries francesas persiste no meu ouvido. E o cheiro úmido das mansardas e águas-furtadas quase atrapalha minha respiração.

Então, esta semana, no twitter, a Kelli disse “Eu tenho loucura por anexos. Pode ser quintal, mezanino, sótão, águas-furtadas, o que for. Mudaria pra uma casa com um desses fácil.”

O que me deixou pensando: qual seria a diferença entre uma mansarda e uma água-furtada? E resolvi dar uma de Comissário Maigret pra resolver este mistério.

Mansarda é o cômodo de uma casa com abertura no telhado, paredes inclinadas e teto baixo. Água-furtada é o espaço entre duas ou mais tesouras no telhado, sem janela. Caso haja janelas é mansarda.

Ahn! Então água-furtada é sótão? Siiim. Mas um sótão com janelas é mansarda. ;-)

Comentar

FARMACINHA

Tags: + + + + +

Olha que não é fácil definir um local para armazenar remédios. Os meus ficam numa cestinha em cima do microondas, e toda vez que penso nisso, a farmacêutica que assombra minha cabeça grita, porque não é exatamente um local fresco.

No quarto não tenho espaço inteligente* pra isso. Então já estava pensando em um segundo armário suspenso e fechado pro banheiro, quando vi essa foto no Leva&Bo (site que eu não entendo 1 palavra, mas adoro).

Então é assim: Armário de madeira branco da Meu Móvel de Madeira, por R$199 + fita crepe + tinta vermelha.

Dicas:
1. Pinte camadas bem finas, quantas forem necessárias.
2. Dê tempo suficiente para que cada camada fique 100% seca.
3. Faça 1 haste da cruz de cada vez.
4. Veja se está 100% seco, antes de retirar a fita crepe de cada haste.

Pro caso desse armário escolhido, retirar o espelho é uma opção ou não. A cruz vermelha pode sim ser pintada diretamente no espelho! Ainda mais que esse não seria o armário principal do banheiro e não fica em frente à pia.

*Tá, o que seria um ‘espaço inteligente’? Sei direito não, mas formo ideia. Fotos do passo-a-passo são do Apartment Therapy.

Comentar

KEEP CALM AND... WHATEVER

Tags: + +

Segundo a tia Wiki, Keep Calm and Carry On, algo como "Fique calmo e vá em frente", foi um pôster motivacional produzido pelo governo britânico em 1939, início da II Guerra Mundial, para ser usado somente se o nazismo conseguisse invadir a Grã-Bretanha. 2,5 milhões de pôsteres foram impressos, mas o cartaz foi distribuído apenas em número limitado.

Em 2000, uma cópia do "Keep Calm and Carry On" foi redescoberta na Barter Books, um sebo na cidade de Alnwick, na Inglaterra. Como o Copyright de peças artísticas criadas pelo governo britânico expira depois de 50 anos, a imagem está agora no domínio público, e pode ser vista na decoração de quase todas as casas gringas bacanas. O criador do cartaz não é conhecido.

E eu achando que o pôster era moderno. Moderna era a minha avó. Agora no máximo a gente recicla. Ou upcycle, pra usar uma ótima expressão que eu não encontro tradução. (Melhorcicla?)

Vejo um monte de outros cartazes claramente inspirados no Keep Calm and Carry On, e vou juntando. Fiz até minha própria versão! Se quiser saber mais, venha por aqui (em inglês).

Quer fazer o download de nossas versões com qualidade pra impressão? Venha por aqui.

Comentar

COZINHA DE BRINCAR III e IV

Tags: + + + + +

Eu tinha dito que não consegui muita informação sobre a Monte Azul. Então a Helena me escreveu:

"No site deles, na aba "Brinquedos Educativos" há fotos dos ítens separados, fogão, geladeira e pia, em madeira crua. É lindo e ainda dá pra fazer uma pintura personalizada ou adesivar, mas eu pedi com acabamento em fórmica e pedi para acrescentarem uma prateleira no interior da geladeira e uma prateleira no interior da pia. Tudo, com o revestimento e o acréscimo de prateleiras ficou em torno de R$600,00, frete incluído para a Grande São Paulo.

Ficou assim. Lindo, não? Faz uma semana que eu e minha filha estamos em verdadeira imersão, brincando sem parar."
E então a Cris me lembrou da Aurelia. Que faz umas panelinhas lindas. E que têm tudo a ver com essas fofurices. Olha lá.

Comentar

RESULTADO DA PROMOÇÃO IKILI/CRIS ALHADEFF

Tags:

Estas são as ganhadoras das carteiras que a Cris Alhadeff fez com tanto carinho. Veja se você ganhou:

As ganhadoras vão receber uma das duas carteiras abaixo, em casa. É só me enviarem o endereço.
Mas, se você não ganhou, aproveita e faz uma visita pro nosso patrocinador, que é muito auspicioso para que mais brindes venham! E quem sabe você não ganha da próxima vez?

Comentar

CORAÇÃO NA PAREDE

Tags:

Bem gosto da onda realista - que mostra o órgão anatomicamente. Tenho visto colares e camisetas assim. E agora esculturas...

... que embora me lembrem aqueles horríveis Charlie Chaplins em metal pintado de preto (recordar é viver!), comuns nos anos 80, bem colocaria na minha parede. Do escultor Frank Plant.

Por falar em coração, você sabe o por quê do nome de(coeur)ação? Abre aqui e espia.

Comentar

CHITA CHIQUE

Tags: + + + + + + + + +

A esquadria da janela é mais-ou-menos? Tecido nela! E se o tecido for chita, mais personalidade tem.
E aí você tem aquela parede vazia pedindo quadro. Mas cadê o quadro? 6 espelhinhos-de-moldura-laranja + chita = parede linda!
***
Essas dicas vêm da Aline Freire, que mora em Barra Grande, e além de agradecê-la, eu tenho que te contar uma coisa sobre esse lugar.

Eu fiz faculdade de Farmácia. E pelejei pra gostar. Fiz pesquisas e estágios em diferentes áreas. Mas chegou um ponto em que tive que admitir a escolha errada. Então chamei o meu pai pra uma conversa e ele disse ‘Quando é assim, o remédio é viajar, alargar os horizontes. Afiar a decisão.’ E eu fui viajar pela Bahia, do sul ao norte, passando até por Cacha-Prego.

E lá pro meio do caminho tem Barra Grande. E olha, não vou te contar, vou te mostrar. Porque se a intenção é alargar os horizontes, o destino é esse. Veja bem, e entenda quando eu digo que nunca vi horizonte mais largo.

Comentar

ANA E A CADEIRA EAMES

Tags: + + + +

Ó a casa da Ana aqui de novo. Mas, né? Olha pra essa fotinha e diz se não merece bis e tris. E na cadeira Eames da Ana eu tenho um tico de responsabilidade. É que ela me perguntou onde comprei a minha. E eu falei. Foi o melhor preço que encontrei. Fiquei até com medo, no princípio. Porque o site não é assim muderno. Eu não conhecia ninguém que comprou lá. Mas aí a Rosana foi muito simpática, e me deixou escolher a cor que eu quisesse. E fui de azul Fusca. Demorou um pouco, porque é fabricada sob encomenda. Mas a cadeira chegou linda. E resistente. E então contei tudo isso pra Ana.

A Ana comprou a branca e adornou com essas almofadas superlindas. E eu tô aqui cometendo a indiscrição de mostrar pra você.

A New Look vende a cadeira Charles Eames, de fibra de vidro com braço, de R$ 495,00 (fixa) a R$580 (de balanço). E não, não é jabá. É troca de informações de comadres mesmo.

Comentar

COZINHA DE BRINCAR II

Tags: + +

Quando falei de cozinhas de brincar aqui e na Pais&Filhos, não conhecia a empresa suiça Momoll. O grau de sofisticação que essa cozinha de brinquedo alcança é algo.

Aproveito pra falar sobre as cozinhas infantis da ong paulista Monte Azul. A dica foi da Helena, que comprou lá. Tentei conseguir mais informações, mas não tive resposta. De todo modo, fica o registro.

Comentar

EUGÊNIA

Tags: + + +

"O pior é que era coxa. Uns olhos tão lúcidos, uma boca tão fresca, uma compostura tão senhoril; e coxa! Esse contraste faria suspeitar que a natureza é às vezes um imenso escárnio. Por que bonita, se coxa? por que coxa, se bonita? Tal era a pergunta que eu vinha fazendo a mim mesmo ao voltar para casa, de noite, sem atinar com a solução do enigma. O melhor que há, quando se não resolve um enigma, é sacudi-lo pela janela fora; foi o que eu fiz; lancei mão de uma toalha e enxotei essa outra borboleta preta, que me adejava no cérebro. Fiquei aliviado e fui dormir. Mas o sonho, que é uma fresta do espírito, deixou novamente entrar o bichinho, e aí fiquei eu a noite toda a cavar o mistério, sem explicá-lo."

Machado de Assis, em Memórias Póstumas de Brás Cubas, um livro que nunca envelhece. E Eugênia, a boneca coxa, feita a seis mãos por minha avó, minha prima e eu, nesse fim de semana, com o molde da Purl Bee/Mimi Kirchner, de download gratuito.

Comentar

O PAPEL DE PAREDE DA ANA

Tags: + + + +

O papel de parede da Ana é do Rosenbaum, e é da Bobinex, e é incrível. E sabe o que é mais incrível? Foi ela quem colocou! Seguindo as dicas e vendo os filminhos do de(coeur)ação. E querendo arrancar os cabelos exatamente como eu quis arrancar os meus, quando coloquei papel de parede no meu quarto. Mas ficando muito feliz no fim. E podendo agora ficar toda orgulhosa e dizer "fui eu quem fiz!".

No domingo é aniversário da Ana. E ela deixou a casa mais bonita pra receber os convidados, no mais claro espírito de hedonismo solidário. Como não amá-la?

Comentar

FOTO NA PAREDE

Tags: + + +

Adaptando Marx, a história se repete como farsa*. Então se no passado tínhamos afrescos e tapeçarias, se passamos do papel de parede, para os recentes adesivos de parede, veremos de agora em diante uma profusão de plotagens de fotos de família.

A técnica de melhor resultado é a plotagem de uma fotografia, tirada em alta resolução, em material adesivo, que pode ser feita na mesma gráfica que você fez seu adesivo de parede, e em gráficas que fazem outdoors. Lembrando que uma foto pequena não produz uma boa foto grande, pois o resultado pode ser pixelado, ruim mesmo.

O resultado pode ser incrível, como no exemplo acima. Ou terrível, como nas reproduções de skylines de Nova Iorque que vimos nos anos 80. Mas de uma forma ou de outra, fotos cobrindo paredes têm sido cada vez mais freqüentes nas publicações especializadas em decoração.

(Em um ambiente do Morar Mais por Menos, tinha uma reprodução em tamanho maior que o real da Babi. Exemplo de escolha-desastre.)

Foto da Depot Rotterdam, empresa holandesa que faz essas plotagens, via VT Wonen. Tem receita pra se fazer um pufe parecido com esse da foto aqui.

*A frase original é um pouco diferente. Texto de Marx, com a citação no início, em inglês aqui. Traduzida pelo Google para o portugês aqui. Se você gosta de história, de filosofia, se lê Hobsbawm por prazer, os textos de Marx são um deleite.

Comentar

CADEIRA DE CHÁ, OU CHÁ DE CADEIRA?

Tags: + +

O fotógrafo Max Attenborugh não fotografa apenas cadeiras. Mas essa cadeira estampada não sai da minha cabeça. Projeto futuro, projeto futuro. Lembra do banquinho?

Comentar

ALELUIAS, ALIÁSES E ARARÁS

Tags: +

Certas palavras repousam nos cemitérios léxicos. Ou mais alguém lembra o que significa aliá? Se já nos idos de 1960 Rubem Braga se perguntava 'qual é o feminino de cupim?' não é agora que se vai saber, né? Se respondeu 'aleluia' tá friiio. Pois as trisavós dos cupins de agora chamavam-se arará(s).

E o que são aleluias? As aleluias são a forma alada de reprodução dos cupins, tanto macho quanto fêmeas. Mais ou menos de outubro até janeiro, essas criaturinhas saem dos cupinzeiros. Os cupins voadores caem nos chão, perdem suas asas e o macho busca uma fêmea. Encontram um buraquinho em um móvel da sua casa (ou um buraco no solo, dependendo da espécie), e ali eles vão acasalar. O casal real vive junto até morrerem, mas não sem antes causarem uma infestação no móvel-ninho-de-amor.

E ontem cheguei de viagem e as lâmpadas estavam lindas, com o balé aéreo de cupins. Mas como não sou boba nem nada, mas sou super alérgica a inseticidas, fui perguntar a Nenzinha o que fazer, e ela só tinha resposta pra quando o ataque era no móvel, nada de prevenção.

Então, quando já ia me conformar, peguei meu aspirador de pó, mirei na lâmpada, e não sobrou um macho ou fêmea de cupim. Alado ou sem asas. Seja que nome tiverem.

Comentar

SAARA

Tags: + + + + + +

Vivianne,

Me mudei para o Rio faz pouco tempo e não conheço nada aqui. Bem, estou precisando pra decorar umas coisas aqui em casa: cortinas, revestimento de alguns móveis, uns artesanatos com latinhas e por ai vai. Você tem indicação de alguma loja no Saara? Ou alguma rua onde eu possa encontrar várias?

Ana


Ana, antes de dar as dicas de lojas de tecido, vou apresentar o Saara. Nada a ver com o deserto. SAARA é a sigla da Sociedade dos Amigos das Adjacências da Rua da Alfândega. Fica no Centro do Rio de Janeiro, e se você adora uma lojinha de 1,99, é o paraíso. É a 25 de março do Rio. Só que com o adicional de parecer uma medina.

What?? Me-di-na. Medina é um modelo de bairro comercial árabe, que tem ruas estreitas e labirínticas, que não passam carro. (Geralmente têm uma mesquita no centro, ruas radiais de comércio e ruas mais estreitas ligando as radiais. Em português nem achei um link que explicasse melhor. Mas na wikipedia em inglês, embora explique muito pouco, tem até uma lista de algumas cidades que têm medinas. A imagem acima é uma representação de medina, do filme The Ottoman, que o Google me mostrou.)

Pra comprovar minha teoria Saara/medina, que não me sai da cabeça desde que conheci uma medina de verdade, olha só essa foto aí em cima. Em sentido horário são as medinas de Skopje (diliça de kebabs), na Macedônia e de Sfax, na Tunísia (foto da direita e a de baixo). Agora uma do Saara:

Concordou comigo que o Saara é uma medina sem a mesquita? Tem até comida árabe! Ou você nunca comeu os quibes da Casa Pedro? (E, na verdade a Sociedade Muçulmana no Rio é bem ali pertinho. Então quase que é uma medina com mesquita e tudo!)

Voltando ao Saara - e esquecendo as classificações - embora lá dentro a sensação seja labiríntica, olhando pelo mapa, até que é bem fácil de entender. As ruas são estreitas, mas como na maioria delas não passa carro, facilita um pouco a locomoção. Um pouco, porque aos sábados a coisa se complica por conta da maré de gente andando por ali.

VAMOS ÀS COMPRAS DE TECIDOS?

Na porção da Rua Buenos Aires entre a Av. Passos e o Campo de Santana é onde fica a maioria das lojas de tecido, de cortinas e a Caçula Aviamentos, uma loja enorme que vende todo tipo de material de armarinhos e também tecidos e material de artesanato. O atendimento na Caçula não é lá muito bom (e as fotos aí embaixo tirei escondido, porque não deixam fotografar), a fila é sempre grande, mas a variedade de produtos torna válida a tortura.

Outras lojas a se visitar:

Império das Pelúcias:
Tecidos, feltros de todas as cores, material para bonecas, aviamentos e plumante (um enchimento fofinho pra almofadas e bonecos, também conhecido como polyfil)
Rua da Conceição, 19 A (A um quarteirão da Av. Passos)
Tel: (21) 2221-0291

Casa Turuna: Tecidos, feltros, aviamentos e fantasias.
Rua Sr. dos Passos, 122/124Rua da Alfândega 215/217

Casa Pinto: Uma das maiores variedades de tecidos do Saara. E vende uma coisa ou outra online.
Rua Buenos Aires, 224
Tel: (21) 2509-6063 / 2224-8118

Mas vale a pena andar por todas as ruas, mesmo que não num dia só. E o Saara agora começou a vender online. Ainda é um nada de coisas.  Olha só. Mas, quem sabe não cresce? Mas o site oficial do Saara é outro.

UPDATE: Fui ao Saara comprar umas coisinhas pra terminar um presentinho pra uma moça, e lembrei de duas lojas muuuito boas. Embora nenhuma das duas seja de decoração. Uma é a Espaço Carioca (Senhor dos Passos 274, tem uma foto aqui. ó) de bolsas e óculos, com wayferers lookalikes por R$30. A outra é a Syn Bijoux (Buenos Ayres 307), loja com decoração retrô, que vende acessórios com chapéus, bolsas e colares lindos. Nenhuma dessas duas estão entre as mais baratas do Saara, mas estão entre as mais bacanas.

Procurando dicas de São Paulo? Venha por aqui.

Comentar

GANHE 7 CARTEIRAS LINDAS!

Tags:

A Cris Alhadeff é minha amiga de infância. Bem, mentira. Mas perto dela fico confortável como se fosse. Então, quando a iKili ofereceu umas carteiras pra gente sortear eu pensei: Cris. Mas não pense que só chamei por conta do carinho que tenho por ela. Com as pessoas que eu gosto sou exigente. Demais. Mas o trabalho dela é muito superior ao meu nível de exigência. Chamei a Cris porque eu queria ter um desenho dela comigo assim, aqui dentro da bolsa. E eu tinha certeza que você iria querer também. Vai lá, e me diz!

E a promoção? É o seguinte. Estamos em setembro, né? E qual é o feriado de setembro? 7 de setembro. E pra reforçar tanto 7, o de(coeur)ação e a iKili vão dar de presente 7 carteiras.

E o que você tem que fazer pra ganhar? Sinta o drama: Prove que você merece.

Vai lá e fotografa a sua carteira. Depois posta no seu blog ou Twitpic e me mande o link por aqui, pelos comentários deste post. Os donos das 7 carteiras mais feias e/ou destruídas ganham.

REGRAS: Só valem carteiras postadas no seu blog ou Twitter. Não adianta enviar a foto por email. Os links devem ser enviados pelos comentários deste post. E a foto tem que ser sua. Foto tirada da web será desclassificada. Enviem seus links até o dia 20 de setembro. O resultado será anunciado em 21 de setembro.

Vai logo, fotografa sua carteira! Ou você não quer ganhar uma dessas carteiras iKili/Cris Alhadeff? E aproveita e faz uma visita pro nosso patrocinador, que é muito auspicioso para que mais brindes venham!

P.S.: Se você comentou, e seu comentário não apareceu, não precisa comentar de novo. Aguarde a moderação.

Comentar

ADESIVO DE PAREDE - FAÇA VOCÊ MESMA

Tags: + + + +

Sabe quando um artista começa a aparecer demais e você se cansa da cara dela? Eu cansei da cara dos adesivos de parede. Mas eu sou boazinha, e de tanto pedirem, tô aqui pra explicar como fiz eu mesma os meus adesivos (de lateral de armário, na verdade. E desculpa pela foto meio ruim, é antiga.). Abaixo instruções genéricas para você fazer um adesivo de parede, e temperar sua decoração. Com um molde de adesivo robô de presente pra você.

FAÇA VOCÊ MESMA!

Material:
Plástico adesivo (papel contact)
Tesoura

Computador com impressora
Molde (download do molde do robô)

Instruções:
Imprima o molde em um papel comum, e recorte. Para que o molde não saia do lugar na hora de cortar, cole-o com durex na folha branca/azul do plástico adesivo. Se for texto, lembre-se que o corte sairá espelhado, então cole o molde no plástico adesivo ao contrário (Entendeu?).  Recorte as formas.

Antes de colar o adesivo na parede faça um ensaio com fita crepe colada no verso do seu adesivo pronto. Se estiver satisfeita, retire o papel do adesivo e cole! Uma boa maneira de evitar bolhas é usar um pano tipo perfex para ir alisando o  plástico adesivo, ao invés das mãos.

Lembrando que esse passo-a-passo só resulta em adesivos de cor única. Adesivos de parede estampados devem ser feitos em gráficas.

Comentar

MORAR MAIS POR MENOS - II

Tags: + +

Mais um post da série Morar Mais por Menos, e o que é realmente por menos. Um sistema que eu conheço bem, tanto na sua versão TokStok quanto na versão casa de ferragens (essa da foto, uns 12 reais o kit). Já te mostrei o passo-a-passo antes, desse mesmo sistema pra uma cortina, incluindo detalhes do material necessário (mas pra esse projeto, o tensor é opcional). Só que na MMPM, funcionou como um varal de revistas.

E se seus artistas preferidos produziram obras-primas em quantidades industriais nessas férias, a estrutura fica linda como varal de artes. (Foto 2 do Apartment Therapy.)

Comentar