Top Ad unit 728 × 90

Tutoriais:

TUTORIAL

O Rio de Janeiro e as favelas


Tava lendo a Ana, que sempre me ensina um pouco mais:

"Maurício de Abreu defende que a origem da favela remonta a dois focos de tensão: a (...) crise habitacional e as crises políticas do final do século XIX, nomeadamente os desdobramentos da Revolta da Armada (1893-1894) e da campanha militar de Canudos (1896-1897). Vejamos:

Revolta da Armada (movimento de rebelião promovido por unidades da Marinha do Brasil contra o governo do marechal Floriano Peixoto, supostamente apoiada pela oposição monarquista à recente instalação da República): o governo precisa resolver a situação de alojamento dos soldados, e autoriza a ocupação temporária do convento de Santo Antônio. Como as acomodações não são suficientes, autoriza a construção de barracos na encosta. Em 1901, o comissário de higiene alerta para o crescimento deste assentamento, sem reação por parte da prefeitura. A imprensa começa então a noticiar e denunciar a existência dos casebres, e o impacto é imediato. A esta altura, o governo verifica inclusive que os militares passaram a ser minoria da população residente, tendo vendido suas casas para civis. São 400 casebres, cuja destruição é ordenada pelo prefeito.

Canudos (confronto entre o Exército Brasileiro e os integrantes de um movimento popular de fundo sócio-religioso liderado por Antônio Conselheiro, que durou de 1896 a 1897, na então comunidade de Canudos, no interior da Bahia, terminando com o massacre de centenas de civis): há indícios de que os barracões no morro da Providência começaram a ser construídos em 1893/94, após a demolição do cortiço Cabeça de Porco e antes do fim da campanha de Canudos. Não há prova de que o governo tenha autorizado soldados retornados de Canudos a se instalarem aí e certamente não foram esses soldados que deram origem à favela na cidade. Entretanto, o termo “favela” realmente procede do Morro da Providência, em alusão ao arbusto “favela” existente na caatinga. O nome do morro foi, inclusive, e durante muito tempo, Morro da Favela."


E ao procurar a autoria dessa foto (as duas são do morro da Providência), achei mais:

"A ocupação deflagrou-se entre o final do século XIX e o início do XX, a partir da grande reforma urbana impingida pelo engenheiro Pereira Passos, quando vários cortiços e habitações populares do centro foram devastados e a população pobre, transferida para os morros nas adjacências do centro.

No fim do ano de 1910, o morro da Favela (atual morro da Providência) era considerado o lugar mais violento do Rio de Janeiro.

O nome favela estendeu-se a outros morros e, na década de 1920, as ocupações de colinas com barracos e casebres passaram a ser conhecidas como favelas."

Esse é um assunto que muito me interessa, e abisma. Não sei qual sentimento vem primeiro. E digo mais (e sempre): embora esse seja um espaço pra decoração, decoração sem pensamento crítico e sem reflexão sobre o espaço, resulta num vazio que - mesmo cheio - não se preenche.

♥ Obrigada, hein? Todo mundo acessou o andrenogal.com e agora ele se empolgou :-D Hoje rolou até sorvete de abacaxi assado.
O Rio de Janeiro e as favelas Reviewed by Vivianne Pontes on . Tava lendo a Ana, que sempre me ensina um pouco mais: "Maurício de Abreu defende que a ori... Rating: 5

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *