Top Ad unit 728 × 90

Tutoriais:

TUTORIAL

A CASA DA RITA

Meu nome é Rita, moro em Minas Gerais, Itabira, cidade perto de Belo Horizonte, onde nasceu Carlos Drummond, o grande poeta. Eu costuro, bordo, faço bolsas, faço roupas, almofadas. Pensava que meu talento para fazer outras artes era limitado, mas desde que comecei a ler o seu blog, o bicho capinteiro me picou, he he. Então. Eu e meu armário de mdf que desenhei e mandei um carpinteiro executar nos olhavamos e eu achava que ele era muito chato... Tenho irmãos que fazem pátina, pintam os móveis, reciclam, e sempre esperava por eles para isto. Ahhh!! Com o evento dos adesivos de parede eu inventei que era pintora. Te mando as fotos para vc ver como meu armário de guardar roupas de cama ficou lindo!!!!! Obrigada pelo empurrão!!!

Beijocas, Rita

***

Rita, Rita, obrigada. Achei lindo e fiquei até emocionada. É muito forte isso de motivar as pessoas.

Sobre Itabira, conheço, e Drummond sempre foi o meu oráculo. Houve uma época de dúvidas. E um papel em minha mão que me feria como navalha. O papel não era em nada diferente das boletas de loteria, nem em significado: era a inscrição do Vestibular para a Universidade Federal de Ouro Preto.

O meu pai tem farmácia, meus avós também, minha mãe teve outra, todos os meus tios. E eu querendo mesmo era ser jornalista. Talvez Direito... Mas minha mãe nunca permitiria, e eu ainda vivia sobre sua sombra, apavorada. E todas as possibilidades de escapar do seu domínio acabavam em medo e vergonha.

Olhava triste aquele papel que não me oferecia sonhos. Nutrição parecia interessante, coisas que não se sabem muito bem o que são, são sempre interessantes. Mas Farmácia era o orgulho de Ouro Preto.

Não queria decidir sozinha, pedi ajuda ao meu pai e, ao menos daquela vez, queria uma resposta. Mas ele não é um homem de respostas, não me dava ordens, não ditava regras de vida. Me mostrava a encruzilhada e eu que me resolvesse. O que saía da sua boca era 'te crio pro mundo, não pra mim', mas o que dizia era que não me queria como um robô treinado, mas como uma pessoa que tivesse as rédeas da própria vida, e que vivesse as conseqüências de minhas escolhas.

(Chamei isso de covardia. Chamo hoje de ensinamento, muita coragem é necessária pra que se diga isso.)

Na minha restrita dúvida, que já excluía a única resposta verdadeira, me refugiei na Biblioteca Estadual da Praça da Liberdade. Não precisei de 5 minutos. Drummond me respondeu:

Então, sei lá porquê,
fui fazer Farmácia.

Era 1997.
A CASA DA RITA Reviewed by Vivianne Pontes on . Meu nome é Rita, moro em Minas Gerais, Itabira, cidade perto de Belo Horizonte, onde nasceu Carlos D... Rating: 5

8 comentários:

  1. Gente a Rita é uma fofa! Parabéns Vivi por nos inspirar!

    ResponderExcluir
  2. Que posts lindos, os dois! Sua história de escolhas é muito bonita, vivi, e a de sua leitora também. Agora entendo porque vc uma vez disse que gostava de blogs de literatura, é tb uma vocação sua claro...:)
    um abraço,
    clara lopez

    ResponderExcluir
  3. que bonito o que você escreveu =)

    e eu fiquei com vontade de mandar umas fotos da minha casinha... talvez, breve, eu providencie.

    ResponderExcluir
  4. Nossssa!!!
    Fiquei surpresa e emocionada!
    Eu esperava uma resposta sua por e-mail.... Quando abri o blog e dei de caras com meu armário, surtei heheheh
    Obrigada linda Viviane! Obrigada também para Sofia e Clara!!
    É bom ver uma coisa feita com amor ser apreciada....

    ResponderExcluir
  5. Rita voce fez uma coisa linda que é retribuir um gesto. A gente hoje em dia se esquece disso, de agradecer a inspiração, de lembrar de onde ela veio e daí ter o trabalho de ir até lá e dizer:-Muito obrigada. Gostei muito de ver o seu gesto e o movel é lindo, faça mais, faça muitos. Quanto à Vivi eu queria saber mais da historia,ela escreve muito bem, fiquei com um pedaço da novela, uma pincelada de Ouro preto. Beijinhos,O.

    ResponderExcluir
  6. Lindo este Post...

    O armário é show, preciso aprender a fazer isso ..To com um armário horroroso na minha casa da roça e quero fazer algo assim. Me ensinem por favor !

    Beijocas pra todas voces, que vivem me ensinando coisas todos os dias...

    ResponderExcluir
  7. Vivi, li sobre o armário, achei lindo, mas uma coisa me emocionou! Vc fez Farmácia! Sou farmacêutica, amo o que faço, tento contagiar alunos com minha paixão pela imensa aérea de atuação em farmácia! Amo a o atendimento orientado, a atenção farmacêutica,a quimioterapia, a assistência básica, a biotecnologia, etccccccc..... amo tudo o que se refere a esta profissão maravilhosa, onde o saber, reflexão e carinho estão em simbiose, sempre com o intuito de ajudar a humanidade!!!!

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *