Top Ad unit 728 × 90

Tutoriais:

TUTORIAL

Orçamento enxuto

Como decorar gastando menos dinheiro

Uma decoração bacana não precisa deixar dívidas. Se a sua carteira é magra (como a minha), ou se você não quer gastar tanto pra economizar e poder viajar, ou ainda, se você quer uma casa decorada com a sua identidade, veja as dicas que posso te dar baseadas na minha experiência e no que vejo por aí.

COMO?

Faça você mesmo. Tá bom, eu sei. É confortável contratar um pintor, um pedreiro, um faz tudo. Mas é caro. E não tem o mesmo charme. É muito mais interessante receber aquele elogio sobre a cor das paredes e dizer: fui eu mesma quem fiz. A preguiça e a vergonha são os piores inimigos de quem quer economizar.

Ferramentas: Sempre tenha as ferramentas básicas à mão, porque se você quer economizar vai ter que fazer muitas coisas você mesma. Tenha cola branca, uma pistola de grampos, grampos, martelo, pregos, trena, chaves de fenda. Aprenda a usar uma furadeira, pois mesmo que você não tenha, pode pegar emprestado do pai, irmão, ou da marida (não é, marido?), mas precisa saber pelo menos pra que serve o martelete.

O QUE?

Pinte: Ah, o poder de uma lata de tinta. Uma nova cor pode fazer uma dramática diferença.
• Tente pintar o guarda-roupas, ou outra coisa que precisa de uma renovação, já pensou uma pintura listrada? Pinte o rodapé com tinta vibrante. Pequenos detalhes podem fazer maravilhas pra realçar o todo.
• Quem disse que você vai ter que pintar todas as paredes? Seja criativo. Pinte uma parede (atrás da sua cama, por exemplo). Use uma cor que você adora, mas que não tem coragem suficiente para pintar um quarto inteiro. Você pode até ir mais a frente e usar stencil na sua parede recém pintada, imitando papel de parede.
• Use estratégias que dão a impressão de aumentar ou diminuir, como explicado nesse post.

Papel de parede: Aproveite que o papel de parede voltou à moda (e ao mercado) e transforme uma parede, ou cubra as portas de um armário que precisa de uma renovada.

Adesivos de parede:
Os adesivos de parede vieram pra ficar. São uma solução barata e interessante para um visual renovado. Faça os seus próprios adesivos e anime aquela parede sem graça. Dicas aqui e aqui .

Olhe a janela: Com freqüência você pode colocar cortinas novas ou alterar as antigas de forma a transformar o ambiente inteiro. Não é necessário pagar uma fortuna para uma loja especializada em cortinas. Faça você mesma, ou peça pra mesma costureira que faz bainha em suas calças para fazer bainha no tecido. Você pode usar o sistema que mostro neste outro post.

Ou coloque alças no tecido já embainhado e usar um suporte como esse:
Coloque uma cortina leve, branca com aros brancos, pinte a persiana de bambu com uma cor forte como amarelo vibrante. Corte a velha persiana de bambu para usá-la como moldura da cortina nova, deixe-a natural ou pinte com tinta azul turquesa pra dar um ponto de cor à sala. O céu é o limite.

Brechós: Se você precisa de móveis novos, visite antes as lojas de móveis usados, feirinhas de antiguidades e internet. Calce sapatos confortáveis e parta para a peregrinação em busca de objetos interessantes. Trate como uma expedição. Vá com as amigas, perca a vergonha. Lojas de móveis usados são, às vezes, poeirentas e cheiram mal, mas podem ter peças que sobreviveram ao tempo quase sem desgaste, o que é um sinal de qualidade e valor, sem ser sinônimo de preço alto. Mas você não precisa decorar a casa inteira de uma vez – a busca faz parte do prazer de ter uma casa interessante aos olhos. Observe com calma, especialmente nas grandes cidades, onde as lojas de móveis usados e antiguidades são atulhadas, a paciência é uma aliada. É impressionante o que você pode achar se for paciente. Lembre-se: qualquer coisa que você achar só precisa ter boa estrutura. Pintura, decoupage ou simplesmente pés novos podem fazer muita diferença. Seja criativa! E aproveite a caça.

Reinvente a roda: Aqueles pratos de material e cores diferentes podem desentulhar o seu armário e ficarem lindos na parede. Sua coleção de canecas idem. Pense seus objetos de forma diferente, reinvente.

Tecidos: Tecidos podem ser transformados em tantas coisas. De barrados para toalhas a molduras. Existem projetos interessantes que podem transformer uma blusa velha numa cadeira nova. E grande parte (destes projetos) são de execução fácil. (também acho que investor numa máquina de costura e saber usá-la é uma ótima solução para decorar com economia, mas este é um assunto pra outro post). Passeie pelas lojas de tecidos que as idéias aparecem.

COMPRE DIREITO!

Compre direito I:
Lembrancinhas de viagem? Eu passo. Ao invés de comprar bonequinhos de concha (argh!) visite uma loja de artesanato local e compre algo bacana pra sua casa. Pode até ser um pouquinho mais caro que a camiseta “Eu fui”, mas também tem mais valor agregado. Comprei uma máscara de cerâmica na Grécia (ô vida boa!) que tive que trazer no colo, mas que até hoje é uma peça de destaque na decoração da casa. Mas na verdade nem precisam ser objetos caros. No nordeste temos xilogravuras lindas e bem baratinhas. Numa feirinha em Porto Alegre vi umas cerâmicas coloridas que iam ficar bacanérrimas numa mesa de centro ou mesmo na parede.

Compre direito II: No Brasil liquidação é piada. Raramente encontramos o que procuramos em uma, e o preço nem sempre compensa. Mas se você tem em mente o que procura, fica mais fácil de achar, não é? Então fique de olho e quem sabe? A Tok Stok entra em liquidação sempre depois do Natal, e muitas outras lojas de decoração também.

Compre direito III: Um lustre encima da mesa de refeições, uma colcha linda para a sua cama, são detalhes que fazem a diferença. Lojas populares têm lustres orientais em papel que são baratos e fazem um grande efeito. Colchas feitas à mão (sejam em patchwork, ou crochê) são trabalhosas, mas tão preciosas que se transformam em herança. Se você não tem tempo ou não tem paciência, invista em uma.


PESQUISE.

Blogs de design como o d♥ existem pra que? Pra te dar inspirações, mostrar tendências, apresentar idéias tipo faça-você-mesmo. Nem é preciso gastar em revistas hoje em dia, pois a informação vem de graça. Diversas revistas inclusive disponibilizam parte de seu conteúdo online. Veja links do lado direito deste blog. E o que se economiza com 3 revistas já dá pra comprar uma cerâmica bacaninha.

Treine seus olhos para perceber coisas que você pode usar, faça comentários em busca de consultoria gratuita. Poste no mural do d♥ no Facebook, e diversas pessoas podem ajudar também. Faça o mesmo com outros blogs de decoração e design.

CONSELHOS FINAIS

Não troque o que não precisa ser trocado. Não gosta da sua maçaneta? Pra que trocar se ela se presta ao que se propõe? Se não estiver quebrado, não conserte. Pra que trocar o fogão se o forno dele tá ótimo? Se a trempe está mais ou menos, troque a trempe e não o fogão. Não desperdice energia no que não é necessário. Guarde pra alguma coisa que vá realmente fazer diferença.

E se tem alguma coisa em casa que você não quer mais, não se esqueça de que existe o Mercado Livre, o Arremate, etc. Sites onde você pode fazer um dinheiro extra com o que você não gosta para comprar o que você quer e gosta agora.

E divida com a gente os seus sucessos. :-)
Orçamento enxuto Reviewed by Vivianne Pontes on 18.8.08 Rating: 5

12 comentários:

Ana Medeiros disse...

Que post legal Vivi, parabéns!!

Beijocas

Tamy disse...

Adorei o post. Dicas valiosas...

obrigada.

Bjos

Chris disse...

Altas ideias! Valew!

Bjuss

Cristiane disse...

Adorei o post e aproveito para agradecer o molde que vc. me enviou. Muito obrigada e grandes beijos. Cristiane

Srta. C disse...

Realmente a internet é a "fonte da qual eu bebo" a um tempinho, adoro decoração e como minha carteira é magra tb, busco novas idéias na rede...o de(coeur)ção é minha leitura diária, virou hábito :)...sempre com idéias práticas, bacanas e bem mais em conta do que um decorador cobraria para dar. Parabéns a Vivi e ao André...logo logo mando fotos do que já fiz na minha casa inspirada aqui!
beijo para todos
PS: Aqui em Porto Alegre temos uma praça chamada Redenção, onde aos domingos acontece o famoso "Brick da Redenção". É uma feira com artesanatos locais, móveis, artigos d decoração, vestuário e peças antigas, desde moedas até o q vc quiser imaginar, muito bacana. Vou fotografar e mandar para vcs.
Beijos gaúchos!

Juliana Nunes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juliana Nunes disse...

Olá, Vivi!

Amei as dicas! Sou total adepta da decoração barata, do Mercado Livre e do faça-você-mesmo. Minha casa é alugada, o proprietário não abate as melhorias do aluguel, mas mesmo assim faço questão de ir melhorando um cômodo de cada vez até ficar do jeito que eu gosto. Afinal, quem vai dar de cara com a casa todo dia sou eu, né? =)
Há alguns meses, transformamos uma cozinha amarela-hepatite, de azulejos estampados horrorosos numa linda cozinha branca e verde-limão! E nós mesmos que fizemos: pintamos azulejo, embossamos a parede, passamos massa, lixamos, pintamos, montamos os móveis... ufa! Foi um trabalhão, mas valeu muito a pena. Os detalhes do processo vc pode ver aqui: http://revistacasaejardim.ning.com/profiles/blog/show?id=1754974%3ABlogPost%3A42300

E as fotos de como ficou estão aqui: http://revistacasaejardim.ning.com/profiles/blog/show?id=1754974%3ABlogPost%3A50233

Aliás, essa comunidade da Casa e Jardim é uma dica preciosíssima pra quem busca esse caminho: as pessoas são super simpáticas, acessíveis e solidárias mesmo. Nenhuma pergunta fica sem resposta e há dicas mil de faça-você-mesmo. Acho que valeria a pena vc conhecer e divulgar no blog.


Vivi, gostaria apenas que vc esclarecesse melhor a parte da cortina: como se usam esses sistemas? E não entendi muito bem o lance com a persiana. Você pode mandar colocar pra gente entender melhor?

Um grande beijo e sucesso com o blog e a casa!

JuOlá, Vivi!

Amei as dicas! Sou total adepta da decoração barata, do Mercado Livre e do faça-você-mesmo. Minha casa é alugada, o proprietário não abate as melhorias do aluguel, mas mesmo assim faço questão de ir melhorando um cômodo de cada vez até ficar do jeito que eu gosto. Afinal, quem vai dar de cara com a casa todo dia sou eu, né? =)
Há alguns meses, transformamos uma cozinha amarela-hepatite, de azulejos estampados horrorosos numa linda cozinha branca e verde-limão! E nós mesmos que fizemos: pintamos azulejo, embossamos a parede, passamos massa, lixamos, pintamos, montamos os móveis... ufa! Foi um trabalhão, mas valeu muito a pena. Os detalhes do processo vc pode ver aqui: http://revistacasaejardim.ning.com/profiles/blog/show?id=1754974%3ABlogPost%3A42300

E as fotos de como ficou estão aqui: http://revistacasaejardim.ning.com/profiles/blog/show?id=1754974%3ABlogPost%3A50233

Aliás, essa comunidade da Casa e Jardim é uma dica preciosíssima pra quem busca esse caminho: as pessoas são super simpáticas, acessíveis e solidárias mesmo. Nenhuma pergunta fica sem resposta e há dicas mil de faça-você-mesmo. Acho que valeria a pena vc conhecer e divulgar no blog.


Vivi, gostaria apenas que vc esclarecesse melhor a parte da cortina: como se usam esses sistemas? E não entendi muito bem o lance com a persiana. Você pode colocar foto pra gente entender melhor?

Um grande beijo e sucesso com o blog e a casa!

Ju

Flávia Lima disse...

Oi Vivi!
Adorei este post! Estou num momento pré-mudança para meu primeiro ap próprio, mas como gastamos uma parte boa do dinheiro na compra, não sobrou muito para a reforma. Confesso que tava com preguiça de encarar um faça-você-mesmo, mas depois que conheci seu blog, a animação voltou! Obrigada!
Beijinhos,

disse...

Viviane, qndo descobri seu blog, fiz a alegria da galera de criação aqui da agência. Cada dia, uma surpresa. E coletiva! Q a gente comenta, comenta e comenta. E planeja, planeja e planeja colocar em prática. Algumas delas estão na minha pauta e, em breve, espero q saiam dela e pulem pra minha casa! rs... Brigadão pelas dicas maravilhosas, pelas fotos idem e pelos incentivos pra q a gente faça acontecer! Bjus!

Greice disse...

Adorei o post, estou em pleno processo e reforme e faça vc mesmo..rs..não é muito fácil e dá trabalho mas o bolso agradece muiitooo.
Adorei!!!

ana b. disse...

vivi, achei o q eu tava procurando, obrigada!
e vou guardar com muito carinho suas recomendações, q minha nova-casa-velha tá muito precisada!!! rs
adorei tb a dica da comu casa e jardim, feita pela juliana, sempre acrescenta informação, né?!
acho q ela tocou num pt fundamental (q a gente sabe, mas às vezes "esquece"): não importa se a casa é alugada, se é velha, se não temos dinheiro pra gastar na decoração... a gente vive e convive todo dia, manter nosso espaço a nossa cara é fundamental!!!

Lu Brasil disse...

Orçamento baixo já falou minha língua...eu bem moraria dentro desse armário.
Bjs

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.