Top Ad unit 728 × 90

Tutoriais:

TUTORIAL

A ESCOLHA DA MÁQUINA DE COSTURA


Infelizmente comprar uma máquina de costura não é tão simples quanto comprar uma almofada nova. O preço é alto e se você comprar mal vai ter um prejuízo proporcional. Quando se pode herdar uma, é ótimo, porque aí, mesmo se quiser comprar uma nova depois, já vai estar familiarizada e consciente de quais funções ela precisa ter e quais funções são desnecessárias. O site Superzíper dá uma dica: “Antes de sair comprando uma máquina eu checaria com as mães, tias e avós, pois elas podem ter uma máquina boa, mas encostada num canto (...). E mesmo que elas não te dêem a máquina você pode pedir para usar um pouquinho emprestada, sentir como é a máquina e assim terá mais segurança na hora de optar por um modelo seu.”

Eu, como não tinha a opção da “herança”, comecei procurando no site Buscapé, para pesquisas de preço de uma máquina nova e no Mercado Livre, Arremate e Balcão para pesquisas de preço de uma máquina usada. O preço de máquina de costura usada no Brasil é cerca de 70% do valor da nova. É caro, geralmente vêm sem o manual (que até dá pra baixar na internet), e raramente têm garantia. Então não acho que valha a pena a usada. A não ser que você conheça a procedência. No E-bay e outros sites gringos as máquinas são bem mais baratas, mas só valem a pena quando se mora no país onde a máquina está, por causa do frete e da assistência técnica.

O preço varia bastante, de R$450,00 ao “céu é o limite”. Eu não compraria uma genérica (mais barata) porque elas têm funções limitadas (praticamente só linha reta), estragam bastante e têm assistência técnica inexistente. Aquelas de mão, esqueça: nunca vi aquilo funcionar. Como de qualquer forma você vai desembolsar um dinheiro razoável, o prejuízo é grande se a máquina estragar e não tiver garantia e nem assistência técnica nacional. Então meu conselho é que você opte por marcas conhecidas, como Singer, Elgin e Janome.

O básico é que a máquina tenha as funções de costura reta, ziguezague de várias larguras, casa de botão e zíper. Para que você possa costurar cavas, colarinhos e mangas, também existe uma função especial, o braço desmontável. Para pontos decorativos o preço aumenta, então deve-se pensar antes se serão úteis, e pra que. As máquinas de costura domésticas portáteis não costuram muito bem tecidos grossos. Então quanto maior for a intenção de usar a máquina profissionalmente, mais robusta deve ser a máquina.

Minha primeira máquina foi uma Singer Fashion 4210, que comprei pela internet na Gazin. Custou R$549 que paguei em 10x sem juros no cartão de crédito, com frete grátis pro Rio, e demorou 4 dias úteis para ser entregue. Foi uma escolha ruim, pois a máquina é fraca, toda de plástico, e a sensação que dá é que ela é mais um brinquedo que uma máquina de costura. 2 anos depois comprei uma Janome 2008 (foto acima). Vi por um preço ótimo (12xR$35,75), e não resisti. Essa Janome costura jeans e outros tecidos grossos, e tem uma vídeo aula inteira aqui, muito boa, desde enfiar a linha a costurar pontos.

A que eu escolhi para mim (sem experiência em costura e com pretensões mínimas) não significa que é a melhor para você (nem foi pra mim). Você deve se perguntar para quê quer uma máquina, que tipo de tecido quer costurar, e de preferência dar uma passeada em lojas especializadas para escutar o que o vendedor tem a dizer ou a oferecer.

Outra dica bacana é fazer o curso antes, experimentar máquinas diferentes que esses cursos sempre têm e se aconselhar com a professora. Eu sou ansiosa e não ia conseguir fazer isso, mas sei que seria melhor.

Ouvi falar que a Singer oferecia cursos de manejo gratuito, mas não encontrei nem ligando pro SAC deles. Acho que não existe mais essa prática (nem injeção na testa é de graça, vejam o botox...).
A ESCOLHA DA MÁQUINA DE COSTURA Reviewed by Vivianne Pontes on 12.8.08 Rating: 5

10 comentários:

Rita de Cássia disse...

Boa dica...
Eu costuro desde que me entendo por gente. Minha mãe foi costureira, minha avó bordadeira, quituteira, minha bisavó me ensinou primeiros passos do crochet e tricot( apesar deu não gostar muito de executar estas artes). Porque, era importante ter um oficio. Ter como ganhar dinheiro prá se virar, mesmo não tendo um emprego formal.Porque, aquels mulheres maravilhosas judavam e muito na manutençaõ da casa, mesmo não trabalhando fora. E eu as amo, porque mesmo tendo trabalhado em muitas áreas, o quelas me ensinaram fazem minha vida muito feliz, ganho grana com isto e ainda dou emprego e ensinei minha ajudante a ter um oficio.
Beijos

Clara Lopez disse...

Engraçado, comprei há uns dois meses uma nova máquina singer, na gazin tb, acho que fiz pesquisa e vi que lá tinha o melhor preço. Comprei uma Singer Fashion 5 Pontos 4205 que custou R$ 452,00 e hoje mesmo costurei umas coisinhas, fiz pequenos consertos. Ainda estou me familiarizando com ela, que é um tanto diferente da minha antiga que eu dei pra um dos trabalhadores que trouxeram minha mudança. Fui numa revendora Singer aqui perto, na pedro américo, e a vendedora me explicou o básico. A linha hoje embolou um pouco na carretilha, mas acho que consertei. Enfim, costurar acalma.
um abraço,
clara lopez

Elisa disse...

Oba! É igualzinha a minha!

Quando comprei, em dezembro do ano passado, também pensei em fazer um curso. Mas acabei por ler o manualzinho inteiro e após um passeio no Saara e vários tecidos (baratinhos) fofos, comecei a bricar... quebrei umas agulhas, gastei linha e um belo dia me percebí costurando. Comecei fazendo jogos americanos para toda a família. Depois aprendí a prender zíper (dá medo mas é muito fácil e nossa máquina vem com uma pecinha especial para isso!) e danei a fazer bolsinhas. De uns meses pra cá comecei a me aventurar nas roupas e não há nada mais bacana do que ver a mulherada babando nos seus modelitos e poder responder: Gostou? Eu que fiz!

ana b. disse...

ai, vivi, eu comprei a minha tb no gazin, via net, no ano passado!!!
igualzinho a vc, fiz uma busca, deu siricutico, comprei.
e eu não sei NA-DA de costura, ai, ai...
comecei um curso aos sábados, mas mais faltava do q ia... abandonei.
comecei outro via net, mas tbnão deu certo (minha culpa, eu sei)...
quem sabe numa horinha, né?
vai lá, curta sua máquina, é tudibão!!!

brisak disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
brisak disse...

(apaguei o primeiro pra corrigir os erros)

Oi Viviane! A primeira vez que vim akih foi atraves do blog "Ela fala e sai andando" e hoje resolvih escrever pois o assunto eh muito cativante!!:) Venho de uma familia prendada e (fora cozinhar, assar, bordar) nao sei NADA!! Mas..inspirada..fiz meu curso (gratis) basico de costura no mes de Julho. Vou comprar minha primeira maquina no fim de semana:)) Tinha uma velhinha, que foi da sogra, mas nao funcionou bem.

O que minha "professora" falou foi: invista o maximo que voce puder. Como moro nos US, eh de enlouquecer, as Bernina(s), BabyLock(s) (que eu NUNCA ouvih falar antes) sao de arrasar. E caras:(

Mas..como sou mortal e experimental, nao vou investir tanto $$ assim. Vou comprar uma Singer tb:)) Uma 4166. Ta em promocao no Costco!!:)

A prof. tb falou pra procurar, no minimo, 6 pontos basicos: reto (obvio) zig-zag, botao, "overlock", "hem" e um outro que nao lembro agora. E desculpa nao saber os nomes dos pontos em portugues, comecei a aprender akih!!:))

Bom..eh isso. Quis me apresentar e dizer que estou curtindo seu blog um montao!!:)) Vc e a Elisa sao grande inspiracao:)

Abs

Miss Talbet disse...

Uuotimas dicas! Por enquanto fico com a minha maquina emprestada, justamente pra ir sentindo qual eh antes de investir em uma. Nos informe dos progressos...

vitellistudium disse...

Ai... estou anciosa pelo capítulo 03!!!
Beijos!

brisak disse...

update: acabei comprando uma Brother (XR-7700) que por $25 a mais me pareceu um melhor negocio - a longo prazo: veio com 10 "pes", extensao da mesa, etc..Chegou hoje. Estou TAO feliz:))

Ateh o proximo capitulo!!

abs

Bri

Nicole Modelo disse...

Oi. Queria costurar vestidos de noiva. Uma janome 2008 ê boa?

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.